Revisão sistemática de estudos e aplicações de modelos pedagógicos diversificados

Autores

  • Rafael de Almeida Brochado UNICAMP/IFSP
  • Marco Antônio Garcia de Carvalho UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.5753/rbie.2021.29.0.718

Palavras-chave:

Modelos pedagógicos, Tecnologias da Informação e Comunicação, Metodologias Ativas, Ensino híbrido

Resumo

Modelos pedagógicos são sistemas para organizar práticas de ensino e aprendizagem. Os modelos pedagógicos são baseados em teorias de aprendizagem, em leis e diretrizes educacionais e outros documentos balizadores. No entanto, nos dias atuais, elementos encontrados nos modelos pedagógicos tradicionais parecem não mais atender a sua finalidade, em virtude de um público cada vez mais conectado à Internet, familiarizado com tecnologias digitais e, portanto, com pouco engajamento e interesse nas atividades educativas tradicionais, mais centradas no professor e na transmissão e assimilação de conteúdos. O propósito deste trabalho é discutir e analisar diferentes tipos de modelos pedagógicos, denominados de modelos pedagógicos diversificados, identificando características importantes para a definição de um modelo pedagógico híbrido que seja voltado a orientar o docente no uso das tecnologias da informação e comunicação, das metodologias ativas e dos ambientes virtuais de aprendizagem nos currículos que desenvolvem o ensino híbrido. Para esse fim, optou-se por realizar uma revisão sistemática, onde foram selecionados e analisados 14 artigos escritos na língua inglesa e portuguesa. Por fim, verificou-se na literatura a presença de estudos sobre modelos pedagógicos diversificados, sendo possível identificar as características consideradas essenciais para a construção de modelos pedagógicos híbridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Almeida, M. (2003). Educação a distância na Internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e pesquisa, 29(2), 327-340. doi: 10.1590/S1517-97022003000200010 [GS Search]

Alves, L. (2011). Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, 10, 85. doi: 10.17143/rbaad.v10i0.235 [GS Search]

Atwa, S., Gauci-Mansour, V. J., Thomson, R., & Hegazi, I. (2019). Team-based and case-based learning: a hybrid pedagogy model enhancing students’ academic performance and experiences at first-year tertiary level. The Australian Educational Researcher, 46(1), 93-112. [GS Search]

Azeiteiro, U. M., Bacelar-Nicolau, P., Caetano, F. J., & Caeiro, S. (2015). Education for sustainable development through e-learning in higher education: experiences from Portugal. Journal of Cleaner Production, 106, 308-319. doi: 10.1016/j.jclepro.2014.11.056 [GS Search]

Balid, W. & Abdulwahed, M. (2013). A novel FPGA educational paradigm using the next generation programming languages case of an embedded FPGA system course. In 2013 IEEE Global Engineering Education Conference (EDUCON), 23-31. doi: 10.1109/EduCon.2013.6530082 [GS Search]

Baum, W. M. (2018). Compreender o Behaviorismo-: Comportamento, Cultura e Evolução. Artmed Editora. [GS Search]

Behar, P. A. (2011). Constructing pedagogical models for e-learning. International Journal of Advanced Corporate Learning (iJAC), 4(3), 16-22. [GS Search]

Behar, P. A., Passerino, L. M., & Bernardi, M. (2007). Modelos Pedagógicos para Educação a Distância: pressupostos teóricos para a construção de objetos de aprendizagem. RENOTE: Revista Novas Tecnologias na Educação [recurso eletrônico]. Porto Alegre, RS. [GS Search]

Brasil, A., & Silva, C. (2020). O povo indígena Apinayé e o acesso à licenciatura em educação do campo da Universidade Federal do Tocantins: Algumas reflexões. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 28(159). doi: 10.14507/epaa.28.4752 [GS Search]

Brasil. (2005). Decreto nº 5.622. Portal do MEC. Recuperado em 25 novembro, 2020, de http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/portarias/dec5.622.pdf

Brasil. (1996). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) nº 9.394. Portal do MEC. Recuperado em 25 novembro, 2020, de http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf

Cavallo, D., Singer, H., Gomes, A., Bittencourt, I., & Silveira, I. (2016). Inovação e Criatividade na Educação Básica: Dos conceitos ao ecossistema. Revista Brasileira de Informática na Educação, 24(02), 143. doi: 10.5753/rbie.2016.24.02.143 [GS Search]

Carvalho, A. B. G. (2014). O Papel da UNIREDE na Construção das Políticas Públicas para a EAD no Brasil. Revista Brasileira de Informática na Educação, 22(02), 59. doi: 10.5753/rbie.2014.22.02.59 [GS Search]

de Lira Tavares, O., de Menezes, C. S., & de Nevado, R. A. (2012). Pedagogical architectures to support the process of teaching and learning of computer programming. In 2012 Frontiers in Education Conference Proceedings (pp. 1-6). IEEE. doi: 10.1109/FIE.2012.6462427 [GS Search]

Espindola, J. D. (2015). Percepção docente sobre os indicadores de competência digital. (Master's thesis, Universidade Federal de Pernambuco). [GS Search]

Fabbri, S., Silva, C., Hernandes, E., Octaviano, F., Di Thommazo, A., & Belgamo, A. (2016, June). Improvements in the StArt tool to better support the systematic review process. In Proceedings of the 20th International Conference on Evaluation and Assessment in Software Engineering, 1-5. doi: 10.1145/2915970.2916013 [GS Search]

Fenton, W. (2018). The Best (LMS) Learning Management Systems. PCMag Digital Group. Recuperado em 15 dezembro, 2019, de https://www.pcmag.com/picks/the-best-lms-learning-management-systems

Ferenhof, H. & Fernandes, R. (2016). Desmistificando a revisão de literatura como base para redação científica: método SSF. Revista ACB, 21(3), 550-563. [GS Search]

Freire, P. (1996). Pedagogia da Autonomia - Saberes Necessários à Prática Educativa. Paz e Terra. [GS Search]

González-Víllora, S., Evangelio, C., Sierra-Díaz, J., & Fernández-Río, J. (2019). Hybridizing pedagogical models: A systematic review. European Physical Education Review, 25(4), 1056-1074. doi: 10.1177/1356336X18797363 [GS Search]

Graham, C. (2006). Blended learning systems. The handbook of blended learning: Global perspectives, local designs, 3-21. [GS Search]

Haerens, L., Kirk, D., Cardon, G., & De Bourdeaudhuij, I. (2011). Toward the development of a pedagogical model for health-based physical education. Quest, 63(3), 321-338. doi: 10.1080/00336297.2011.10483684 [GS Search]

Hussin, A. A. Education 4.0 made simple: Idea for teaching. International Journal of Education & Literacy Studies, vol. 6, n. 3, 92-97, 2018. doi: 10.7575/aiac.ijels.v.6n.3p.92

Joly, M. C. R. A., Franco, G. D. S., & Nicolau, A. F. (2004). Avaliação preliminar da escala de desempenho em informática educacional com professores. Estudos de Psicologia (Campinas), 21(3), 227-235. [GS Search]

Kim, P. (Ed.). (2014). Massive open online courses: The MOOC revolution. Routledge. [GS Search]

Kitchenham, B. (2004). Procedures for performing systematic reviews. Keele, UK, Keele University, 33(2004), 1-26. [GS Search]

Lin, J. L., & Peng, A. S. (2013, October). A framework to examine fidelity of implementation of a hybrid instructional model for computer engineering courses. In 2013 IEEE Frontiers in Education Conference (FIE) (pp. 724-729). IEEE. doi: 10.1109/FIE.2013.6684921 [GS Search]

Menéndez-Santurio, J. I., & Fernández-Río, J. (2016). Violence, responsibility, friendship and basic psychological needs: Effects of a sport education and teaching for personal and social responsibility program. Revista de Psicodidáctica, 21(2), 245-60. [GS Search]

Menezes, G. S., Tarachucky, L., Pellizzoni, R. C., Perassi, R., Gonçalves, M. M., Gomez, L. S. R., & Fialho, F. A. P. (2014). Reforço e recompensa: a Gamificação tratada sob uma abordagem behaviorista. Projetica, 5(2), 9-18. doi: 10.5433/2236-2207.2014v5n2p9 [GS Search]

Michels, A. B., & Aragon, R. (2016). Pedagogical architecture in the process of entrepreneur: do and understand in the context of distance education. RIED-Revista Iberoamericana de Educacion a Distancia, 19(2), 263-281. doi: 10.5944/ried.19.2.14738

Michaelsen, L. K., & Sweet, M. (2008). The essential elements of team-based learning. New directions for teaching and learning, 2008(116), 7-27. doi: 10.1002/tl.330 [GS Search]

Moodle (2018). About Moodle. Recuperado em 15 dezembro, 2019, de https://docs.moodle.org/38/en/About_Moodle

Morán, J. (2015). Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção mídias contemporâneas. Convergências midiáticas, educação e cidadania: aproximações jovens, 2(1), 15-33. [GS Search]

Moreira, J. (2017). A pedagogical model to deconstruct moving pictures in virtual learning environments and its impact on the self-concept of postgraduate students. Journal of e-Learning and Knowledge Society, 13(1). [GS Search]

Nobre, A. (2018). Multimedia technologies and online task-based foreign language teaching-learning. Tuning Journal for Higher Education, 5(2), 75-97. doi: 10.18543/tjhe-5(2)-2018pp75-97 [GS Search]

Papert, S., Valente, J. A., & Bitelman, B. (1988). Logo: computadores e educação. Brasiliense. [GS Search]

Pereira, A., Mendes, A. Q., Morgado, L., Amante, L., & Bidarra, J. (2007). Modelo pedagógico virtual da Universidade Aberta: para uma universidade do futuro. Modelo pedagógico virtual da Universidade Aberta: para uma universidade do futuro, 1-112. [GS Search]

Piaget, Jean. (1975). Epistemologia Genética. Abril Cultural. [GS Search]

Riyami, B., Poirier, F., & Mansouri, K. (2017, April). Towards a hybrid learning model for the higher education system in Morocco. In 2017 Intelligent Systems and Computer Vision (ISCV) (pp. 1-6). IEEE. doi: 10.1109/ISACV.2017.8054973 [GS Search]

Rodrigues, M. E. (2006). Behaviorismo: mitos, discordâncias, conceitos e preconceitos. Educere et educare, 1(2). [GS Search]

Rosas, F. W., & Behar, P. A. (2018). Construção e Uso de Instrumentos Musicais Digitais no Contexto Educacional: um olhar a partir da dimensão socioafetiva. Currículo sem Fronteiras, 18(3), 1108-1128. [GS Search]

Santo, E., de Lima Cardoso, A., & dos Santos, A. G. (2019). Educação Aberta e Digital: Princípios Educativos do Modelo Pedagógico Virtual UFRB. Revista EducaOnline, 13(1), 122-142. [GS Search]

Silva, M. A. A. da, Joly, M. C. R. A., & Rueda, F. J. M. (2012). Análise do desempenho docente em tecnologias digitais da informação e comunicação. Revista IniciAÇÃO em Pesquisa, 1(1). [GS Search]

Staker, H., & Horn, M. B. (2012). Classifying K-12 blended learning. Innosight Institute. [GS Search]

Valente, J. A. (1993). Por que o computador na educação. Computadores e conhecimento: repensando a educação. Campinas: Unicamp/Nied, 24-44. [GS Search]

Valente, J. A. (2014). Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Educar em revista, (4), 79-97. [GS Search]

Vasconcelos, C., Praia, J. F., & Almeida, L. S. (2003). Teorias de aprendizagem e o ensino/aprendizagem das ciências: da instrução à aprendizagem. Psicologia escolar e educacional, 7(1), 11-19. doi: 10.1590/S1413-85572003000100002 [GS Search]

Vosgerau, D. S. A. R. (2012). A pesquisa ação-formação como instrumento de formação em serviço para integração das TIC na prática pedagógica do professor. Formação Docente–Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, 4(7), 51-64. [GS Search]

Arquivos adicionais

Publicado

2021-07-18

Como Citar

Brochado, R. de A., & Carvalho, M. A. G. de. (2021). Revisão sistemática de estudos e aplicações de modelos pedagógicos diversificados. Revista Brasileira De Informática Na Educação, 29, 718–745. https://doi.org/10.5753/rbie.2021.29.0.718

Edição

Seção

Artigos