Uma Suíte de Benchmarks Parametrizáveis para o Domínio de Processamento de Stream em Sistemas Multi-Core

  • Carlos A. F. Maron
  • Luiz Gustavo Fernandes

Resumo


Avaliar o desempenho é importante para computação. Porém, assim como o hardware, o software também deve ser avaliado quando características podem influenciar no seu comportamento. Nestes casos, a suíte de benchmarks parametrizáveis para o processamento de stream serve como uma ferramenta de apoio ao usuário e até programadores. 1. Introdução Aplicações do domínio de stream estão se destacando nosúltimos tempos. Tanto na indústria como na academia, estas aplicações se tornaram cada vez mais recorrentes no processamento de informações. Alguns exemplos destas aplicações estão presentes em nosso cotidiano, como aplicações que processam imagem, vídeo eáudio, redes sociais, casas inteligentes, Big Data, entre outras. As aplicações deste domínio processam um stream, formado por conjuntos infinitos de elementos (Ex, imagens, frame, estrutura, etc.). Tais aplicações têm um comportamento semelhante ao de uma linha de produção automobilística, onde existe uma sequência de postos de trabalhos que realizam uma tarefa sobre cada um dos carros que entram nesta linha. No código de uma aplicação, os postos de trabalhos são os estágios que realizam as operações sobre cada um dos elementos.
Publicado
06/04/2018
Como Citar

Selecione um Formato
MARON, Carlos A. F.; FERNANDES, Luiz Gustavo. Uma Suíte de Benchmarks Parametrizáveis para o Domínio de Processamento de Stream em Sistemas Multi-Core. In: ESCOLA REGIONAL DE ALTO DESEMPENHO DA REGIÃO SUL (ERAD-RS) , 2018, Porto Alegre. Anais da XVIII Escola Regional de Alto Desempenho do Estado do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, apr. 2018 . ISSN 2595-4164.