Pessoas Idosas na Educação a Distância: análise dos Cenários Socioafetivos utilizando Learning Analytics em um Ambiente Virtual de Aprendizagem

  • Jacqueline Mayumi Akazaki UFRGS
  • Leticia Rocha Machado UFRGS
  • Patricia Alejandra Behar UFRGS
  • Rafael Leonardo Vivian UFRGS / IFC

Resumo

Este artigo tem como objetivo identificar os Cenários Socioafetivos, utilizando Learning Analytics (LA), recorrentes de pessoas idosas em um Ambiente Virtual de Aprendizagem. Os Cenários Socioafetivos são o cruzamento dos indicadores sociais e os estados de ânimo. A LA é definida como a medição, coleta e análise dos dados. A metodologia dessa pesquisa foi de abordagem quantitativa e qualitativa, sendo realizada em dois estudos de casos. O público-alvo foram 105 pessoas idosas que participaram de cursos de extensão na modalidade Educação a Distância. Os dados foram coletados das funcionalidades Mapa Social e Mapa Afetivo. Como resultados, foram criados 51 Cenários Socioafetivos usando LA.

Referências

Aurélio. (2023). Dicionário Online. Disponível em: [link]. Acesso em: 22 set. 2023.

Behar, P. A et al. (2019). Recomendação Pedagógica em Educação a Distância. Porto Alegre: Penso Editora.

Behar, P. A., Machado, L. R. e Longhi, M. T. (2022). Competências socioafetivas em ambientes virtuais de aprendizagem: uma discussão do conceito. RENOTE: Novas Tecnologias na Educação. Porto Alegre, 20(1), 389-398.

Baker, R. S., Martin, T., e Rossi, L. M. (2016). Educational data mining and learning analytics. The Wiley handbook of cognition and assessment: Frameworks, methodologies, and applications, 379-396. Disponível em: [link]. Acesso em: 29 ago. 2023.

Chatti, M. A., Dyckhoff, A. L., Schroeder, U. e Thüs, H. (2012). A reference model for learning analytics. International Journal of Technology Enhanced Learning, 4(5-6), 318-331. Disponível em: [link]. Acesso em: 29 ago. 2023.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE (2021). Disponível em: [link]. Acesso em: 29 ago. 2023.

Longhi, M. T., Behar, P. A., Bercht, M. e Simonato, G. (2009). Investigando a subjetividade afetiva na comunicação assíncrona de ambientes virtuais de aprendizagem. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE), Florianópolis, SC.

Paiva, R. O. A., Bittencourt, I. I., da Silva, A. P., Isotani, S. e Jaques, P. (2015). Improving pedagogical recommendations by classifying students according to their interactional behavior in a gamified learning environment. In: Proceedings of the 30th Annual ACM Symposium on Applied Computing, 233-238. Disponível em: [link]. Acesso em: 22 set. 2023.

Slodkowski, B. K., Machado, L. R. e Behar, P. A. (2022). Estratégias pedagógicas para construção de filmes em stop motion por idosos: um relato de experiência. In Divania Luiza Rodrigues, Wanessa Gorri de Oliveira, organizadoras. (Org.). Cinema e Educação: diálogos vívidos na formação humana. 1 edição Parnaíba: Acadêmica Editorial, 1 (1), 41-58.

Yin, R. K (2015). Estudo de Caso: Planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman editora.
Publicado
2023-11-06
Como Citar
AKAZAKI, Jacqueline Mayumi et al. Pessoas Idosas na Educação a Distância: análise dos Cenários Socioafetivos utilizando Learning Analytics em um Ambiente Virtual de Aprendizagem. Anais do Workshop de Aplicações Práticas de Learning Analytics em Instituições de Ensino no Brasil (WAPLA), [S.l.], p. 12-20, nov. 2023. ISSN 0000-0000. Disponível em: <https://sol.sbc.org.br/index.php/wapla/article/view/26124>. Acesso em: 18 maio 2024. doi: https://doi.org/10.5753/wapla.2023.236091.