Tolerância a falhas bizantinas de aplicações provisionadas localmente com Kubernetes: uma proposta inicial

  • Leonardo Valério Anastácio UDESC
  • Guilherme Piêgas Koslovski UDESC

Resumo

Executar soluções conteinerizadas em clusters Kubernetes locais representa um desafio para as empresas, e há diversas motivações por trás dessa escolha, desde requisitos legais até a redução de custos. No entanto, manter a mesma qualidade de serviço dos principais provedores de nuvem de forma local exige esforço tanto na engenharia de infraestrutura quanto no desenvolvimento. Nesse contexto, o trabalho atual propõe o desenvolvimento de um framework para gerenciamento de tolerância a falhas bizantinas, com o objetivo de apoiar implantações on-premise do Kubernetes.

Referências

Bernstein, D. (2014). Containers and cloud: From lxc to docker to kubernetes. IEEE Cloud Computing, 1(3):81–84.

Diouf, G. M., Elbiaze, H., and Jaafar, W. (2020). On byzantine fault tolerance in multi-master kubernetes clusters. Future Generation Computer Systems, 109:407–419.

Domingus, J. and Arundel, J. (2022). Cloud native devops with kubernetes: Building, deploying, and scaling modern applications in the cloud. O’Reilly.
Publicado
2024-04-24
Como Citar
ANASTÁCIO, Leonardo Valério; KOSLOVSKI, Guilherme Piêgas. Tolerância a falhas bizantinas de aplicações provisionadas localmente com Kubernetes: uma proposta inicial. Anais da Escola Regional de Alto Desempenho da Região Sul (ERAD-RS), [S.l.], p. 123-124, abr. 2024. ISSN 2595-4164. Disponível em: <https://sol.sbc.org.br/index.php/eradrs/article/view/28024>. Acesso em: 18 maio 2024. doi: https://doi.org/10.5753/eradrs.2024.238744.