Identificação de Espécies de Caramujos aplicando Aprendizado Baseado em Instâncias

  • Gustavo Silva Semaan INFES / UFF
  • Marcelo Nocelle Almeida INFES / UFF
  • Raphael Magno de Souza Lage INFES / UFF
  • Marcos Vinicius Naves Bedo INFES / UFF
  • Debora Alvernaz Corrêa Centro Universitário Descomplica UniAmérica
  • José André de Moura Brito ENCE / IBGE

Resumo

Os sistemas de apoio à decisão beneficiam-se de padrões ocultos (semi-)extraídos automaticamente de grandes bases de dados. No domínio específico da caracterização de gastrópodes, dados e medidas morfológicas podem apoiar os biólogos na identificação de caramujos terrestres. Embora lesmas e caramujos possam ser facilmente identificados por seus sistemas excretório e reprodutivo, o corpo do molusco é comumente inacessível por causa da deterioração do material macio ou da fossilização da concha. O presente artigo tem, como objetivo, investigar a performance de um classificador baseado em instâncias, quando aplicado sobre um conjunto de dados com características morfológicas de conchas de caracóis terrestres. Avaliações experimentais indicam que um método proposto alcançou acurácia superior a 99% na identificação de espécies de caramujos.

Referências

Aha, D. W., Kibler, D., Albert, M. K. (1991). Instance-based learning algorithms. Mach. Learn., 6(1):37–66.

Almeida, M., Mota, G. (2011). Conquiliomorfometria, ciclo de vida, crescimento alómetrico da concha (subulina octona bruguière, 1789) (pulmonata, subulinidae) em condições de campo. Biofar, 5(1):141–151.

Almeida, M., Olmes, L., Semaan, G., Oliveira, D., Santos, L., Bedo, M. (2021). Helix: A data-based characterization of brazilian land snails. In Brazilian Symposium on Databases (SBBD).

Backeljau, T., Baur, B. (2001). The biology of terrestrial molluscs / edited by G.M. Barker. In The biology of terrestrial molluscs, pages 383–412. CABI Pub.

CdB (2021). Conquiliologistas do Brasil. Disponível em: http://www.conchasbrasil.org.br. Acesso: 21/10/2021.

Colley, E., Simone, L., Silva, J. (2012). Uma viagem pela história da malacologia. Estudos de Biologia, 34(83).

Han, J., Kamber, M., Pei, J. (2012). Data mining concepts and techniques, third edition. Morgan Kaufmann Publishers, Waltham, Mass.

Jain, A. K. (2010). Data clustering: 50 years beyond k-means. Pattern Recognition Letters, 31(8):651 – 666.

Leme, J. (1995). Sistemática e biogeografia. In Barbosa, F., editor, Tópicos em malacologia médica, pages 12–49. Editora Fiocruz, Oxford.

Prévot, V., Jordaens, K., Sonet, G., Backeljau, T.(2013). Exploring species level taxonomy and species delimitation methods in the facultatively self-fertilizing land snail genus rumina (gastropoda: Pulmonata). PLOS ONE, 8(4):1–18.

Tan, P. N., Steinbach, M., Karpatne, A., Kumar, V. (2018). Introduction to Data Mining (2nd Edition). Pearson, 2nd edition.
Publicado
2021-11-23
Como Citar
SEMAAN, Gustavo Silva et al. Identificação de Espécies de Caramujos aplicando Aprendizado Baseado em Instâncias. Anais da Escola Regional de Informática do Rio de Janeiro (ERI-RJ), [S.l.], p. 25-32, nov. 2021. ISSN 0000-0000. Disponível em: <https://sol.sbc.org.br/index.php/eri-rj/article/view/18771>. Acesso em: 18 maio 2024. doi: https://doi.org/10.5753/eri-rj.2021.18771.