Blind Magic: Uma tecnologia assistiva para cegos jogarem "Magic: The Gathering"

  • Cafer Cruz Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil
  • Lucas Tito Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil
  • Raphael Guerra Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil
  • Gabriel Carrara Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil
  • Luciana Salgado Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil

Resumo


Diversos segmentos da sociedade ainda carecem de integração de pessoas com deficiência visual, como o mercado de entretenimento, onde os jogos são predominantes. Uma das formas de entretenimento favoritas para os jogadores são os jogos de cartas, que não são compatíveis com as necessidades deste público. As adaptações existentes são limitadas, devido ao alto custo, baixa disponibilidade e ao fato de que ainda não é possível aplicá-las em todos os jogos. Entre os jogos de cartas, Magic: The Gathering é o mais jogado do mundo. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa e um processo de co-design com um usuário cego, onde buscamos uma solução para tornar o jogo acessível e inclusivo.
Publicado
22/10/2018
Como Citar

Selecione um Formato
CRUZ, Cafer; TITO, Lucas; GUERRA, Raphael; CARRARA, Gabriel; SALGADO, Luciana. Blind Magic: Uma tecnologia assistiva para cegos jogarem "Magic: The Gathering". In: PÔSTERES - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FATORES HUMANOS EM SISTEMAS COMPUTACIONAIS (IHC), 17. , 2018, Belém. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2018 . ISSN 2177-9384. DOI: https://doi.org/10.5753/ihc.2018.4188.