Um Olhar sobre o Processo de Design e Avaliação do VINI sob a Perspectiva do Processo de Design Inclusivo

  • Rallyson dos S. Ferreira Universidade Federal do Amazonas(UFAM), Itacoatiara-AM, Brasil
  • Thaís H. Chaves de Castro Universidade Federal do Amazonas(UFAM), Manaus-AM, Brasil
  • Marcelino Pereira de Sena Jr Universidade Federal do Amazonas(UFAM), Itacoatiara-AM, Brasil
  • David Lima Universidade Federal do Amazonas(UFAM) Manaus-AM, Brasil

Resumo


Nas últimas décadas a sociedade brasileira tem enfrentado um grande desafio, que é a interação em ambientes pensados e planejados para crianças neurotípicas, principalmente, o Transtorno do Espectro Autista (TEA) [3], [8]. Sabendo que o uso da conhecida metodologia TEACCH (Treatment and Education of Autistic and Communication Handicapped Children) [4] vem se mostrando eficaz para tranquilizar e orientar crianças com o TEA, foi implementada uma aplicação móvel denominada VINI para automatizar o processo de criação de atividades segundo essa metodologia. Sendo assim, foram aplicados métodos e técnicas para design e avaliação da interação de crianças com esse aplicativo. Ao longo do processo avaliativo [5], ao analisar a experiência de uso do VINI, foram percebidas necessidades de se utilizar métodos que se adaptassem aos novos contextos e perfis desses usuários, pois ainda que sejam crianças com autismo em fase escolar, suas necessidades específicas sobressaem qualquer perfil diagnóstico. Dessa forma, foi realizada uma releitura dos processos de design e avaliação sob o olhar do Processo de Design Inclusivo (PDI) [6] visando identificar falhas no processo quanto a possíveis individualizações de contexto desde as primeiras fases do design.
Publicado
22/10/2018
Como Citar

Selecione um Formato
DOS S. FERREIRA, Rallyson; H. CHAVES DE CASTRO, Thaís; PEREIRA DE SENA JR, Marcelino; LIMA, David. Um Olhar sobre o Processo de Design e Avaliação do VINI sob a Perspectiva do Processo de Design Inclusivo. In: PÔSTERES - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FATORES HUMANOS EM SISTEMAS COMPUTACIONAIS (IHC), 17. , 2018, Belém. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2018 . ISSN 2177-9384. DOI: https://doi.org/10.5753/ihc.2018.4199.