Uma Visão Tridimensional do Reúso em Arquitetura Orientada a Serviços

  • Joyce Aline Oliveira Universidade Federal de Mato Grosso
  • José Jorge Lima Dias Junior Universidade Federal da Paraíba

Resumo


O reúso em Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) tem sido utilizado estrategicamente nas organizações por diminuir custos de desenvolvimento e aumentar a qualidade das aplicações. Este artigo relata uma pesquisa qualitativa realizada com especialistas com o propósito de identificar objetivos, barreiras, facilitadores, estratégias, métricas e benefícios associados ao reúso em SOA. Os resultados foram sintetizados em três dimensões (gestão, arquitetura, operação) e representados através de um modelo conceitual que pode servir como um roadmap preliminar para gerir o reúso em SOA.

Palavras-chave: Reúso em SOA, Arquitetura Orientada a Serviços, pesquisa qualitativa

Referências

ADNER, Ron. Match Your Innovation Strategy to Your Innovation Ecosystem. Havard Business Review, 2006.

TORRES, Nágila; DE SOUZA, Cleidson. Software Startup Ecoosystems: Initial Results in the State os Pará. XI Brazilian Symposium on Information Systems, GO, 2015

ALEISA, Eisa. Startup Ecosystems: Study os the ecosystems around the world; focusing on Silicon Valley, Toronto and Moscow, 2013.

ARRUDA, Carlos; et al. Causa da Mortalidade de Startups Brasileiras: O que fazer para aumentar as chances de sobrevivência no mercado?. Fundação Dom Cabral, 2013.

BAUM, J. Robert; LOCKE, Edwin A. The Relationship of Entrepreneurial Traits, Skill, and Motivation to Subsequent Venture Growth. Journal of Apllied Psychology, V. 89, N. 4, 587-598, 2004.

BLANK, Steve; DORF, Bob. The Startup Owner’s Manual: The Step-by-Step Guide for Building a Great Company. Califórnia: K&S Ranch Press, 2012. 557p.

CASSAPO, Filipe. Inovação no Brasil X Inovação no Mundo. Revista PEGN. 2013. Acessado em Janeiro de 2014

CORDOVA, Daniel et al. Creating The Environment for Entrepreneurial Success. Center for International Private Enterprise (CIPE), 2014.

CROWNE, Mark. Why software product startups fail and what to do about it: Evolution of software product development in startup companies, 2000.

DEWS, João O. Amostragem em Bola de Neve e Respondent- Driven Sampling: Uma descrição dos métodos, 2013.

DORNELAS, José. Empreendedorismo na Prática: Mitos e verdades do empreendedor de sucesso. Elsevier, São Paulo, 2007.

ISENBERG, Daniel. The Entrepreneurship Ecosystem Strategy as a New Paradigm for Economic Policy: Principles for Cultivating Entrepreneurship. The Babson Entrepreneurship Ecosystem Project, 2011.

KALLBERG, Philip. An Analysis of Brazil’s Startup Ecosystem as a Nurturing Force for Internet-Based Startups: Friend or Foe? Trabalho de Conclusão de Curso (Bachelor of Science degree) - The School of Business, University of Warwick, 2013.

KON, Fábio; CUKIER, Daniel; MELO, Claudia. A Panorama of the Israeli Software Startup Ecosystem, 2014.

LEMOS, Paulo A. B. As Universidades de Pesquisa e a Gestão Estratégica do Empreendedorismo - Uma proposta de metodologia de análise de ecossistemas. Tese de Doutorado em Política Científica e Tecnológica. UNICAMP, 2011.

MOTOYAMA, Y.; WALTKINS, K.. Examining the Connections within the Startup Ecosystem: A CASE Study of St. LouiS. Kauffman Foundation Research Series on City, Metro, and Regional Entrepreneurship. 2014.

OLIVEIRA, Alberto A. O. et al. O Ecossistema Empreendedor Brasileiro de Startups: Uma análise dos determinantes do empreendedorismo no Brasil a partir dos pilares da OCDE. Núcleo de Inovação e Empreendedorismo, 2013.

PARKER. Simon C. What happens to nascent entrepreneurs? An econometric analysis of the psed. Uinversity of Durham, 2004.

RIES, Eric. A Startup Enxuta. São Paulo: Leya, 2012. 275p.

SILVA, F. Fatores que contribuem para o insucesso das Startups: O reverso da “medalha”. Dissertação de Mestrado em Gestão. Escola de Economia e Gestão, Universidade do Minho, 2013.

STARTUP ECOSYSTEM REPORT. South East Queensland, 2014.

STARTUP ECOSYSTEM REPORT. Startup Genome, 2012

TI Maior. Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação, 2012

VON, Romy; MULLER, Christoph. How are the conditions for high-tech start-ups in Germany? Entrepreneurship and Small Business, Vol. 7, No. 3, 2009.
Publicado
17/05/2016
Como Citar

Selecione um Formato
OLIVEIRA, Joyce Aline; DIAS JUNIOR, José Jorge Lima. Uma Visão Tridimensional do Reúso em Arquitetura Orientada a Serviços. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SBSI), 12. , 2016, Florianópolis. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2016 . p. 409-416. DOI: https://doi.org/10.5753/sbsi.2016.5989.