Gamificação na Reabilitação Física de Amputados: Uma Abordagem Baseada em Jogo Sério

  • Rafael Luz Melo UNIPAMPA
  • Douglas Aquino T. Mendes UNIPAMPA
  • Érico Marcelo Hoff do Amaral UNIPAMPA
  • Julio Saraçol Domingues Júnior UNIPAMPA

Resumo

Este artigo descreve uma solução que almeja tornar o processo de reabilitação física mais atrativo para amputados, por meio de uma solução baseada em informática médica e gamificação. Considerando as dificuldades do paciente durante as sessões de fisioterapia (como traumas, dores do processo de recuperação e a motivação), este trabalho propõe um jogo sério usando sensores e microcontroladores que permitem sessões mais envolventes e desafiadoras. Pretende-se com esta abordagem descontraída, direcionar o paciente a um estado de imersão no tratamento, resultando em uma maior efetividade na fisioterapia, além de fornecer uma ferramenta para o terapeuta acompanhar a evolução dos pacientes durante este processo. Alguns experimentos inicias foram efetuados e os resultados demonstraram que a ferramenta é promissora na proposta de um ambiente de reabilitação física mais lúdico e motivador.

Referências

ALVAREZ, J. (2015). From videogame to serious game: the concept of serious diverting and serious modding. GameDev Days, Tallinn, Estonia, pages 8–9.

ARANDIA, N., Garate, J. I., and Mabe, J. (2022). Embedded sensor systems in medical devices: Requisites and challenges ahead. Sensors, 22(24):9917.

BERTRAN, F. A. (2014). The revolution of fun: a study of applied games and fun in non-entertainment contexts. master’s thesis.

CIEZA, A., CAUSEY, K., KAMENOV, K., HANSON, S. W., CHATTERJU, S., and VOS, T. (2020). Global estimates of the need for rehabilitation based on the global burden of disease study 2019: a systematic analysis for the global burden of disease study 2019. The Lancet, 396(10267):2006–2017.

GRAY, K. and SOCKOLOW, P. (2016). Conceptual models in health informatics research: A literature review and suggestions for development. JMIR Med Inform, 4(1):e7.

JOY-IT (2017). KY-023 Joystick module (XY-Axis). [online; acesso em 18-Junho-2023].

LLC., W. F. E. (2015). PulseSensor. [online; acesso em 18-Junho-2023].

MATOS, D. R., NAVES, J. F., and ARAUJO, T. C. C. F. D. (2020). Quality of life of patients with lower limb amputation with prostheses. Estudos de Psicologia (Campinas), 37(Estud. psicol. (Campinas), 2020 37).

MATOS, N., SANTOS, A., and VASCONCELOS, A. (2014). Kinteract: A multi-sensor physical rehabilitation solution based on interactive games. ICST.

MICROSYSTEMS, A. (2022). Low-Noise Linear Hall-Effect Sensor ICs with Analog Output. [online; acesso em 18-Junho-2023].

MOUSAVI HONDORI, H. and KHADEMI, M. (2014). A review on technical and clinical impact of microsoft kinect on physical therapy and rehabilitation. Journal of medical engineering, 2014.

ROSIQUE, F., Losilla, F., and Navarro, P. J. (2021). Applying vision-based pose estimation in a telerehabilitation application. Applied Sciences, 11(19):9132.

SOUZA, C. H. R., de Oliveira, D. M., do Nascimento, D. F., de Oliveira Berretta, L., and de Carvalho, S. T. (2022). A serious games and game elements based approach for patient telerehabilitation contexts. Journal on Interactive Systems, 13(1):179–191.

TECHNOLOGIES, A. (2015). 3-lead Muscle / Electromyography Sensor for Microcontroller Applications. [online; acesso em 18-Junho-2023].

VAN DIEST, M., Lamoth, C. J., Stegenga, J., Verkerke, G. J., and Postema, K. (2013).Exergaming for balance training of elderly: state of the art and future developments. Journal of neuroengineering and rehabilitation, 10(1):1–12.
Publicado
2023-11-06
Como Citar
MELO, Rafael Luz et al. Gamificação na Reabilitação Física de Amputados: Uma Abordagem Baseada em Jogo Sério. Anais Estendidos do Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital (SBGames), [S.l.], p. 1292-1302, nov. 2023. ISSN 0000-0000. Disponível em: <https://sol.sbc.org.br/index.php/sbgames_estendido/article/view/27921>. Acesso em: 18 maio 2024. doi: https://doi.org/10.5753/sbgames_estendido.2023.234205.