Avaliando a Percepção de Inovação e Aceitação de uma Ferramenta de Suporte à Educação 4.0

Resumo


As escolas devem formar estudantes capazes de lidar com profissões e tecnologias que ainda estão por vir. A Educação 4.0 é um paradigma que está impulsionando o novo ambiente educacional por meio do ensino e desenvolvimento de habilidades relevantes e tecnologias digitais. Para tanto, os professores devem ser capacitados para o uso de tais tecnologias digitais no ensino. Neste cenário, foi realizado um estudo de caso com professores sobre uma ferramenta de software de suporte à Educação 4.0, visando medir a percepção de inovação e aceitação da ferramenta. A percepção de inovação dos professores foi positiva, principalmente, como software habilitador da resolução criativa de problemas e da transformação do conhecimento. Os professores concordaram com os indicadores de facilidade de uso e de utilidade de uso percebidos.

Palavras-chave: Educação 4.0, Habilitadores, Transformação Digital, Método TADEO

Referências

Barbosa, R. and Souza, R. (2021). Drivers and Indicators of Innovation to Educational Software. Informatics in Education, 20(1), 1-17.

Davis, F. D. (1989). Perceived usefulness, perceived ease of use, and user acceptance of information technology. MIS quarterly, 319-340.

De Sousa Oliveira, K. K., & de Souza, R. A. C. (2020). Habilitadores da transformação digital em direção à Educação 4.0. RENOTE, 18(1).

De Sousa Oliveira, K. K., Andrade, C. W. L., Segundo, J., Cândido, A. L., Oliveira, A., dos Santos Machado, A., and de Britto, A. C. (2019). Tecnologias na Educação Básica uma Pesquisa Ação com Professores de uma Escola Pública Municipal. In Anais do Workshop de Informática na Escola (Vol. 25, No. 1, pp. 1054-1058).

OECD. Organisation for Economic Co-operation and Development. (2018a) Teaching for the future: Effective classroom practices to transform education. OECD, Publishing, Paris.

OECD. Organisation for Economic Co-operation and Development. (2018b). The future of education and skills: Education 2030. OECD Education 2030. OECD Publishing, Paris.

Oliveira, K. K. D. S., and de Souza, R. A. (2021). Digital Transformation towards Education 4.0. Informatics in Education. doi:10.15388/infedu.2022.13.

Partovi, H. (2018). "Why schools should teach the curriculum of the future, not the past". [link]. Maio.

Runeson, P. and Höst, M. (2009). Guidelines for conducting and reporting case study research in software engineering. Empirical software engineering, 14(2), 131-164.

Schleicher, A. (2016), Teaching Excellence through Professional Learning and Policy Reform: Lessons from Around the World, International Summit on the Teaching Profession, OECD Publishing, Paris.

Venkatesh, V. and Bala, H. (2008). Technology acceptance model 3 and a research agenda on interventions. Decision sciences, 39(2), 273-315.

WEF. World Economic Forum. (2016). The future of jobs: Employment, skills and workforce strategy for the fourth industrial revolution. In Global Challenge Insight Report, World Economic Forum. Cologny/Geneva, Switzerland.

WEF. World Economic Forum. (2020). Schools of the Future. Defining New Models of Education for the Fourth Industrial Revolution. In Platform for Shaping the Future of the New Economy and Society. Cologny/Geneva, Switzerland.

Yin, R. K. (1999). Enhancing the quality of case studies in health services research. Health services research, 34(5 Pt 2), 1209.

Yin, R. K. (2009). "Case study research: Design and methods (Vol. 5)". sage.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
OLIVEIRA, Katyeudo Karlos de S.; FIORAVANTI, Maria Lydia; OLIVEIRA, Myke Morais de; BARBOSA, Ellen Francine; SOUZA, Ricardo André C.. Avaliando a Percepção de Inovação e Aceitação de uma Ferramenta de Suporte à Educação 4.0. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 203-212. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.218546.