Prática pedagógica aliada ao aplicativo móvel zReader: efeitos sobre compreensão textual e interesse de crianças pela leitura

  • Tamila Kécia Nunes de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • José Amancio Macedo Santos Universidade Estadual de Feira de Santana https://orcid.org/0000-0002-9509-5238
  • Fabrício Vale de Azevedo Guerra Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo


Este artigo apresenta o resultado da avaliação experimental sobre o impacto do aplicativo zReader na alfabetização de crianças. A intervenção contou com um grupo de controle formado por 15 alunos e um grupo experimental formado por 17 alunos, e durou cerca de 11 meses (de fevereiro a dezembro de 2019). Duas variáveis foram consideradas: a compreensão textual e o interesse pela leitura. Para a variável compreensão textual, os resultados não apresentaram significância estatística, apesar de indicarem melhora nas médias obtidas. Para a variável interesse pela leitura, os resultados foram bastante promissores, apresentando significância estatística para vários itens observados.

Palavras-chave: Alfabetização, Aplicativos móveis, zReader

Referências

Brasil 2016. Ministério da Educação. Avaliação nacional da alfabetização (ana): documento básico. Brasília-DF: MEC/INEP, 2016. [link]. Acessado em: 01 de jul de 2020.

Instituto Pró-Livro 2019. Relatos de leitura no Brasil. 5.ed. 2019. https://www.prolivro.org.br/pesquisas-retratos-da-leitura/as-pesquisas-2/. Acessado em: 16 de set de 2020.

Bando, R., Gallego, F., Gertler, P., and Fonseca, D. R. (2017). Books or laptops? the effect of shifting from printed to digital delivery of educational content on learning. Economics of Education Review, 61:162–173.

Barra, A. S. B. (2014). Uma análise do conceito de zona de desenvolvimento proximal. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 12(1):765–774.

Chen, C.-M. and Chen, F.-Y. (2014). Enhancing digital reading performance with a collaborative reading annotation system. Computers & Education, 77:67–81.

Clark, C. and Teravainen-Goff, A. (2020). Children and young people’s reading in 2019: Findings from our annual literacy survey. national literacy trust research report. National Literacy Trust.

Cliff, N. (1993). Dominance statistics: Ordinal analyses to answer ordinal questions. Psychological Bulletin, 114(3):494–509.

Ferreiro, E. and Teberosky, A. (1985). Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artes Médicas.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 5 edition. Goux, D., Gurgand, M., and Maurin, E. (2017). Reading enjoyment and reading skills: Lessons from an experiment with first grade children. Labour Economics, 45:17–25. Field experiments in labor economics and social policies.

Guerra, F., , F. L. G., Serey, D., and de Figueiredo, J. C. A. (2019). Syllabic keyboard: A literacy game for motivating first grade children to read. In Proc. of XXX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, SBIE, Brasília.

Guerra, F., Santos, J. A., Serey, D., and de Figueiredo, J. C. A. (2018). z-reader: a mobile game suite for improving children’s reading skills and behavior. In Proc. of XXIX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, SBIE, page 565, Fortaleza, Ceará.

Johnston, L. W. (1970). Student’s t-test. Journal of Quality Technology, 2(4):243–245. Libâneo, J. C. (2013). Didática. São Paulo: Editora Cortez, 2 edition.

Prodanov, C. C. and de Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: Métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadênico. Novo Hamburgo: Feevale, 2 edition.

Sawilowsky, S. (2009). New effect size rules of thumb. Journal of Modern Applied Statistical Methods, 8(2):467–474.

Seabra, A. G. and Capovilla, F. C. (2010). Teste de Competência de Leitura de Palavras e Pseudopalavras (TCLPP). São Paulo, SP: Memnon, 1 edition.

Spinillo, A. G. (2008). O leitor e o texto: desenvolvendo a compreensão de textos na sala de aula. Interamerican Journal of Psychology, 42:29-40.

Takacs, Z. K., Swart, E. K., and Bus, A. G. (2015). Benefits and pitfalls of multimedia and interactive features in technology-enhanced storybooks: A meta-analysis. Review of Educational Research, 85(4):698–739.

Tatagiba, A. B. (2012). Creswell, john w. projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto; tradução magda lopes. 3 ed. porto alegre: Artmed, 296 páginas, 2010. Cadernos de Linguagem e Sociedade, 13(1):205–208.

Teberosky, A. and Colomer, T. (2003). Aprender a ler e a escrever: uma propsta construtivista. Porto Alegre: Artmed.

Wohlin, C., Runeson, P., Host, M., Ohlsson, M., Regnell, B., and Wesslén, A. (2012). Experimentation in Software Engineering. Springer Berlin Heidelberg.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
SOUZA, Tamila Kécia Nunes de; SANTOS, José Amancio Macedo; GUERRA, Fabrício Vale de Azevedo. Prática pedagógica aliada ao aplicativo móvel zReader: efeitos sobre compreensão textual e interesse de crianças pela leitura. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 304-315. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.218043.