Métodos de avaliação de IHC no contexto de Jogos Sérios Educacionais: Um Mapeamento Sistemático

Resumo


Este trabalho apresenta um Mapeamento Sistemático da Literatura realizado para identificar como os jogos digitais educacionais sérios foram avaliados, verificando os métodos e critérios de avaliação, o contexto e os tipos de jogos usados. Foram obtidos 1.221 artigos, que após aplicação de filtros objetivos e subjetivos, resultaram em 48 artigos selecionados. Constatou-se que a maioria são métodos de investigação, como questionários, para verificar elementos como aprendizagem, motivação e experiência do usuário. Além disso, em relação ao contexto, a grande maioria visa avaliar jogos com estudantes do ensino fundamental. Por fim, quanto aos dispositivos de controle, existem semelhanças entre mouse, teclado e tela sensível ao toque.

Palavras-chave: Métodos de avaliação, jogos digitais educacionais, mapeamento sistemático

Referências

Anastasiadis, T., Lampropoulos, G., e Siakas, K. (2018). Digital game-based learning and serious games in education. International Journal of Advances in Scientific Research and Engineering, 4(12):139–144.

Barbosa, S. D. J., Silva, B. S. d., Silveira, M. S., Gasparini, I., Darin, T., e Barbosa, G. D. J. (2021). Interação Humano-Computador e Experiência do Usuário. Auto publicação.

Bloom, B. S. (1956). Taxonomy of educational objectives: The classification of educational goals by a committee of college and university examiners. McKay.

Buchinger, D., de Siqueira Cavalcanti, G. A., e da Silva Hounsell, M. (2014). Mecanismos de busca acadêmica: uma análise quantitativa. Revista Brasileira de Computação Aplicada, 6(1):108–120.

Cascini, D. e Campos, S. (2015). Avaliação de jogos educacionais multiusuários: Uma revisão sistemática da literatura. In Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE), volume 26, page 519.

Costa, A. L. B., Bonifácio, B. A., de Souza, B. P., e Fernandes, P. S. (2018). Applying teaching methods as requirements to develop games to assist children with learning disabilities: A case study. In 2018 XLIV Latin American Computer Conference (CLEI), pages 353–360. IEEE.

Derryberry, A. (2007). Serious games: online games for learning.

Grove, F. D., Bourgonjon, J., e Looy, J. V. (2012). Digital games in the classroom? a contextual approach to teachers’ adoption intention of digital games in formal education. Computers in Human Behavior, 28(6):2023–2033.

Hix, D. e Hartson, H. R. (1993). Developing user interfaces: ensuring usability through product & process. John Wiley & Sons, Inc.

Nielsen, J. (1994). Heuristic evaluation. Usability inspection methods.

Peixoto, D. C. C., Resende, R. F., e Pádua, C. I. P. (2014). Evaluating software engineering simulation games: The ugalco framework. In 2014 IEEE Frontiers in Education Conference (FIE) Proceedings, pages 1–9.

Petersen, K., Feldt, R., Mujtaba, S., e Mattsson, M. (2008). Systematic mapping studies in software engineering. In 12th International Conference on Evaluation and Assessment in Software Engineering (EASE) 12, pages 1–10.

Prensky, M. (2003). Digital game-based learning. Computers in Entertainment (CIE), 1(1):21–21.

Prieto, L. M., Trevisan, M. d. C. B., Danezi, M. I., e Falkembach, G. M. (2005). Uso das tecnologias digitais em atividades didáticas nas séries iniciais. RENOTE-Revista Novas Tecnologias na Educação, 3(1).

Ramos, D. K., da Silva, G. A., e Macedo, C. C. (2020). Jogos digitais e emoções: um estudo exploratório com crianças. Revista Pedagógica, 22:1–21.

Silva, T. S. e Silveira, M. S. (2008). Antecipando a avaliação de ihc: verificação de diretrizes a partir de modelos. In Proceedings of the VIII Brazilian Symposium on Human Factors in Computing Systems, pages 248–251.

Tarouco, L. M. R., Roland, L. C., Fabre, M.-C. J. M., e Konrath, M. L. P. (2004). Jogos educacionais. RENOTE: revista novas tecnologias na educação [recurso eletrônico]. Porto Alegre, RS.

Wangenheim, C. G. v., Barbosa, H., e Reolon, M. (2017). Heurísticas para avaliação de jogos educativos digitais – revisão sistemática de literatura. relatório técnico incod/gqs.05.2017.p.

Yuliana, I., Octavia, L. P., Sudarmilah, E., e Matahari, M. (2019). Introducing computational thinking concept learning in building cognitive capacity and character for elementary student. In 2019 19th International Symposium on Communications and Information Technologies (ISCIT), pages 549–554. IEEE.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
DUTRA, Taynara Cerigueli; TONDORF, Diego Fellipe; ZILS, Thiago A.; FERREIRA, André E. G.; GASPARINI, Isabela; HOUNSELL, Marcelo da Silva; MASCHIO, Eleandro. Métodos de avaliação de IHC no contexto de Jogos Sérios Educacionais: Um Mapeamento Sistemático. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 564-575. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.217450.