Design de interação integrado ao design instrucional: a modelagem de um ambiente de MOOC por meio da MoLIC

Resumo


A complexidade em harmonizar o discurso dos diversos agentes envolvidos na criação de um curso MOOC (acrônimo para Massive Open Online Courses) tem sido um desafio compartilhado entre o design de interação e o design instrucional, em que comunicação entre sujeitos é essencial para a qualidade do ensino e da aprendizagem. Um dos aspectos desse desafio está na necessidade de modelar a comunicação entre os interlocutores educacionais mediatizadas pelas interfaces de um sistema. Desse modo, considerando a Modeling Language for Interaction as Conversation (MoLIC) como uma ferramenta epistêmica de suporte à modelagem de interação (humano-computador), este artigo apresenta os resultados de uma investigação acerca da aplicação/adequação da MoLIC à modelagem de sistemas educacionais, especificamente uma plataforma e curso(s) MOOC, com foco na relação entre o design instrucional e o design de interação, resultando na adição de elementos específicos do domínio educacional e as intenções de design à MoLIC.

Palavras-chave: MoLIC, MOOC, design de interação, modelagem

Referências

Aguaded, I. (2013). The MOOC Revolution: A new form of education from the technological paradigm?. Comunicar: Revista Científica de Comunicación y Educación. v. 21, n. 41, p. 07-08.

Araujo, A. C. I. C. (2008). Apoio ao design e à interpretação de modelos de interação humano-computador representados em MoLIC. Departamento de Informática, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-RIO, Rio de Janeiro.

Barbosa, S; Silva, B. (2010). Interação humano-computador. Elsevier Brasil.

Carey, K. (2012). Into the future with MOOCs. The Chronicle of Higher Education. v. 59, n. 2, p. 29.

Carvalho, A. P. de; Pereira, F. H. S; Assunção, O. B; Pereira, A. F; Prates, R. O. (2019). An analysis of MoLIC’s consolidation. In Proceedings of the 18th Brazilian Symposium on Human Factors in Computing Systems (IHC ’19). Association for Computing Machinery, New York, NY, USA, Article 11,1–15.

Damian, Adriana Lopes. (2016). Técnicas para inspeção de diagramas MOLIC. Master’s thesis. Universidade Federal do Amazonas, Amazonas, Brasil. Dissertação de mestrado.

De Souza, Clarisse Sieckenius de. (2005). The semiotic engineering of human-computer interaction. MIT press.

Freire, P. (1983). Extensão ou Comunicação? 8ª. Ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra.

De Souza, C. S. e Leitão, C. F. (2009). Semiotic engineering methods for scientific research in hci. Synthesis Lectures on Human-Centered Informatics, v. 2, n. 1, p. 1–122.

Do Rêgo, B. B; Garrido, F. A; Matos, E. (2017). Identifying influences of the quality of interaction on dropout rates of mooc: preliminary results. In Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE. p. 1766-1768.

Do Rêgo, B. B; Garrido, F. G; Rosa, J; Matos, E. (2019). Communicability problems on MOOCs: a study around metacommunication. In Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE. p. 1261-1270.

Freire, P. (1983). Extensão ou Comunicação? 8ª. Ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Filatro, A. C. (2004). Design instrucional contextualizado-educação et. Senac.

Filatro, A. (2008). Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Fredette, M. (2013). How to convert a classroom course into a MOOC. Campus Technology. v. 8, n. 28, p. 13.

Garrido, F. A; Do Rêgo, B; Matos, E. (2018). Modelando a Interação (Humano-Computador) de um Fórum de Discussão para MOOC: MoLIC em uso. RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação. v. 16, n. 2, p. 321-330.

Martin, F. G. (2012). Will massive open online courses change how we teach?. Communications of the ACM. v. 55, n. 8, p. 26-28.

McAndrew, P; Scanlon, E. (2013). Open learning at a distance: lessons for struggling MOOCs. Science. v. 342, n. 6165, p. 1450-1451.

Melo, A. M; Saldanha, J. de Freitas; e Wernz, M. C. G. (2012). Desafios à pesquisa em Computação em contexto educacional-qualidade no uso de objetos de aprendizagem em perspectiva. In Anais do Workshop de Desafios da Computação Aplicada à Educação. p. 60-69.

Paula, M. G. (2003). Projeto da interação humano-computador baseado em modelos fundamentados na engenharia semiótica: construção de um modelo de interação. Programa de Pós-graduação em Informática do Departamento de Informática da PUC-Rio, PUC-Rio, Rio de Janeiro.

Prates, R. O; De Souza, C. S; Barbosa, S. D. J. (2000). Methods and tools: a method for evaluating the communicability of user interfaces. Interactions. v. 7, n. 1, p. 31-38.

Scagnoli, N. I. (2012). Instructional Design of a MOOC. Proceedings of the 2016 Conference Academy of Human Resource Development Jacksonvillle. Disponivel em: [link].

Silva, Bruno S. (2005). MoLIC Segunda Edição: revisão de uma linguagem para modelagem da interação humano-computador. Master’s thesis. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Silva, B. S. da; Barbosa, S. D. J. (2007). Designing human-computer interaction with MoLIC diagrams–a practical guide. Monografia em Ciência da Computação, PUC-Rio.

Zhao, Y; Wang, A; Sun, Y. (2020). Technological environment, virtual experience, and MOOC continuance: A stimulus–organism–response perspective. Computers & Education. v. 144, n. 103721, p. 1-14.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
GARRIDO, Filipe A.; RÊGO, Beatriz B. do; MATOS, Ecivaldo de Souza. Design de interação integrado ao design instrucional: a modelagem de um ambiente de MOOC por meio da MoLIC. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 598-608. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.217573.