Fatores de Atração, Evasão e Permanência de Mulheres nas Áreas da Computação

  • Nayara Dias dos Santos PUCRS
  • Sabrina Marczak PUCRS

Resumo

Apesar de terem protagonizado a história da Computação, o número de mulheres na área vem diminuindo desde meados dos anos 80. Visando identificar os fatores que motivam a atração, retenção e abandono de mulheres neste contexto, conduziu-se um Mapeamento Sistemático da Literatura publicada nos Anais do Women in Information Technology. A partir dos 24 artigos selecionados, identificou-se 43 fatores de atração, 17 de permanência e 88 fatores que levam as mulheres a evadirem a área. Identificou-se que a influência de terceiros, como família, amigos e outros profissionais, é um dos fatores em comum aos três aspectos estudados. Também se identificou que a ansiedade e o estresse, além da falta de suporte ao bem-estar, como apoio à gravidez, por exemplo, estão dentre as razões para evasão da área.

Referências

Aires, J., Mattos, G., Oliveira, C., Brito, A., Aragão, A., Alves, S., Coelho, T., and Moreira, G. (2018). Barreiras que Impedem a Opção das Meninas pelas Ciências Exatas e Computação: Percepção de Alunas do Ensino Médio. In Anais do XII Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Barros, S. and Mourão, L. (2018). Panorama da Participação Feminina na Educação Superior, no Mercado de Trabalho e na Sociedade. Psicologia Sociedade, 30:1–11.

Beaubouef, T. A. and Zhang, W. (2011). Where are the women computer science students? Journal of Computing Sciences in Colleges, 26(4):14–20.

Borges, A., Sousa, F., Holanda, M., Araujo, A., Koike, C., and Oliveira, R. (2021). Participação Feminina na Empresa Júnior de Computação CJR da Universidade de Brasília. In Anais do XV WIT, pages 161–169, POA, Brasil. SBC.

Brum, R., Costa, R., Araújo, A., Werneck, V., and Castro, M. (2018). Participação de Alunas nos Cursos de Computação na Percepção de Alunos e Ex-alunos. In Anais do XII Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Castanho, C., Wang, A., and Santana, I. (2018). Mulheres e Jogos Eletrônicos: Muitas Jogadoras, Poucas Programadoras. In Anais do XII WIT, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Deus, S., Freire, S., and Farias, C. (2020). Um Estudo sobre as Dificuldades de Inserção de Meninas na Computação. In Anais do XIV WIT, pages 274–278, POA, Brasil. SBC.

Dutra, C. and Gama, K. (2018). Participação Feminina em Game Jams: Um Estudo Sobre Igualdade de Gêneros em Maratonas de Desenvolvimento de Jogos. In Anais do XII Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Figueiredo, K. and Maciel, C. (2016). Reflexões sobre Gêneros, Tecnologia e Processo Vocacional. In Anais do X WIT, pages 92–95, POA, Brasil. SBC.

Figueiredo, K., Vitorassi, R., Monteiro, E., and Carneiro, S. (2017). Percepções de Alunas de Ensino Médio sobre as Subáreas da Computação. In Anais do XI Women in Info. Technology, pages 1–4, POA, Brasil. SBC.

Holanda, M., Mourão, R., Ramos, G., Araújo, A., and Walter, M. (2017). Uma Pesquisa com Alunas do Ensino Fundamental e Médio sobre os Cursos da Área de Computação. In Anais do XI Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Macedo, M., Mattos, A. B., Vasconcelos, M., Martinazzo, A., and Lopes, R. (2018). Identificando Influências na Escolha de uma Graduação em Exatas: um Estudo Qualitativo e Comparativo de Gênero. In Anais do XII WIT, pages 1–4, POA, Brasil. SBC.

Matos, E., Corlett, E., Ferreira, A., and Santos, J. (2017). Sobre a Trajetória de Professoras Negras na Pós-Graduação em Ciência da Computação: Alguns Resultados Preliminares. In Anais do XI WIT, pages 1–4, POA, Brasil. SBC.

Medeiros, A., Ferreira, I., Fonseca, L., and Rolim, C. (2022). Percepções Sobre a Tecnologia da Informação por Alunas de Ensino Médio: Um Estudo Sobre Gênero e Escolhas Profissionais. In Anais do XVI WIT, pages 122–132, POA, Brasil. SBC.

Mello, A., Melo, A., and Ferrão, I. (2019). Uma Analise sobre Questões de Gênero nos Cursos de Computação do Municıipio de Alegrete. In Anais do XIII Women in Info. Technology, pages 61–68, POA, Brasil. SBC.

Menezes, S. and Santos, M. (2021). Gênero na Educação em Computação no Brasil e o ingresso de meninas na área – uma Revisão Sistemática da Literatura. Revista Brasileira de Informática na Educação, 29(0):456–484.

Microsoft (2017). Why don’t European Girls Like Science or Technology? Disponível em: [link]. Acesso em: mar. 2023.

MYERS, K., GALLAHER, C., and MCCARRAGHER, S. (2019). Steminism. Journal of Gender Studies, 28(6):648–660.

Nakamura, F., Almeida, T., Freitas, R., and Lauschner, T. (2017). Hora do Vestibular: O Que as Estudantes do Ensino Médio Almejam Fazer? In Anais do XI Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Oliveira, A. C., Oliveira, K., Alves, E., Tassyany, M., Cabral, Y., Sousa, T., and Batista, F. (2016). “Você é o Melhor Menino desse Grupo!”. In Anais do X Women in Info. Technology, pages 110–114, POA, Brasil. SBC.

Oliveira, B., Boscarioli, C., Pereira, E., Souza, G., and Torres, L. (2017). Egressas de Ciência da Computação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná: O que veio depois? In Anais do XI Women in Info. Technology, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Peres, S. and Gomes, E. (2020). Estudo Sobre o Empoderamento Feminino Através de Comunidades de Tecnologia. In Anais do XIV WIT, pages 219–223, POA, Brasil. SBC.

Petersen, K., Feldt, R., Mujtaba, S., and Mattsson, M. (2008). Systematic Mapping Studies in Software Engineering. In Proceedings of the Intl. Conference on Evaluation and Assessment in Software Engineering, pages 1–10, University of Bari, Italy. ACM.

Posser, C. and Teixeira, A. (2016). Mulheres que Aprendem Informática: Um Estudo de Gênero na Área de TI. In Anais do XXII Workshop de Informática na Escola, pages 707–716, Porto Alegre, RS, Brasil. SBC.

Prudêncio, M. and Chaves, A. P. (2016). Análise da Influência de Grupos de Inclusão de Mulheres em Comunidades de Software Livre. In Anais do X Women in Info. Technology, pages 6–10, POA, Brasil. SBC.

Ramos, A. and Araújo, F. (2022). Questões de Gênero e a Evasão de Mulheres nos Cursos de Computação: Um Estudo de Caso na Região Metropolitana de Belém. In Anais do XVI Women in Info. Technology, pages 239–244, POA, Brasil. SBC.

Ribeiro, K. and Maciel, C. (2020). Fatores de Influência na Escolha pela Continuidade da Carreira em Computação pelas Estudantes de Ensino Médio Técnico em Informática. In Anais do XIV Women in Info. Technology, pages 40–49, POA, Brasil. SBC.

Santos, C. M. (2018). Por Que as Mulheres Desapareceram dos Cursos de Computação? Disponível em: https://jornal.usp.br/?p=136701. Acesso em: mar. 2023.

Santos, F., Santana, L., Mattos, D., and Parraga, A. (2022). Da Sala de Aula ao Mercado de Trabalho: O Percurso Acadêmico e a Atuação Profissional Trilhados pelas Egressas do Curso de Engenharia de Computação da UERGS. In Anais do XVI Women in Info. Technology, pages 12–21, POA, Brasil. SBC.

Santos, M., Santos, C., and Ellwanger, C. (2017). A Computação Sob a Ótica de Meninas do Ensino Médio. In Anais do XI WIT, pages 1–5, POA, Brasil. SBC.

Santos, V., Carvalho, T., and Barreto, M. (2021). Mulheres na Tecnologia da Informação: Histórico e Cenário Atual nos Cursos Superiores. In Anais do XV Women in Info. Technology, pages 111–120, POA, Brasil. SBC.

SBC (2021). Computação Brasil: A Revista da Sociedade Brasileira de Computação. SBC, POA, Brasil, 44 edition.

Schwartz, J., Casagrande, L. S., Leszczynski, S. A. C., and Carvalho, M. G. d. (2006). Mulheres na informática: Quais Foram as Pioneiras? Cadernos Pagu, 27:255–278.

Shapiro, C. and Sax, L. (2011). Major Selection and Persistence for Women in STEM. New Directions for Institutional Research, 2011(152):5–18.

Silva, D. and Santos, V. (2021). Panorama do Percurso Acadêmico Feminino em um Curso de Engenharia de Computação. In Anais do XV WIT, pages 141–150, POA, Brasil.

Silva, K., Mota, I., and Santos, V. (2021). Violência Simbólica na Área de Tecnologia: Análise de Relatos de Alunas em um Curso de Engenharia de Computação. In Anais do XV Women in Info. Technology, pages 240–249, POA, Brasil. SBC.

Spencer, D. (2009). Card Sorting: Designing Usable Categories. Rosenfeld Media, Brooklyn.

Trinkenreich, B., Britto, R., Gerosa, M., and Steinmacher, I. (2022). An Empirical Investigation on the Challenges Faced by Women in the Software Industry: A Case Study. In Proceedings of the Intl. Conference in Software Engineering, pages 1–12, Pittsburgh.

UNESCO (2018). Decifrar o Código: Educação de Meninas e Mulheres em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM). UNESCO, Brasília.
Publicado
2023-08-06
Como Citar
SANTOS, Nayara Dias dos; MARCZAK, Sabrina. Fatores de Atração, Evasão e Permanência de Mulheres nas Áreas da Computação. Anais do Women in Information Technology (WIT), [S.l.], p. 136-147, ago. 2023. ISSN 2763-8626. Disponível em: <https://sol.sbc.org.br/index.php/wit/article/view/25017>. Acesso em: 18 maio 2024. doi: https://doi.org/10.5753/wit.2023.230789.