Mapeamento Sistemático do Ensino Introdutório de Programação nos Ensinos Técnico e Superior no Brasil

Autores

  • Rafael Peixoto de Moraes Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)
  • Valéria Franklin da Costa Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)
  • Ricardo E. P. Scholz Acadêmico Independente, Recife, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5753/rbie.2022.2611

Palavras-chave:

Introdução à Programação, Mapeamento Sistemático, Informática na Educação, Ensino-aprendizagem

Resumo

Os desafios no ensino de programação para iniciantes afetam professores e alunos. Índices de evasão e reprovação acima de 30%, barreiras de escalabilidade, dificuldades na personalização do ensino, entre outros, motivaram inúmeros estudos sobre disciplinas introdutórias de programação ao longo dos anos. O objetivo deste artigo é promover uma melhor compreensão dos desafios de ensino-aprendizagem nas disciplinas introdutórias de programação nos níveis técnico e superior, por meio de um mapeamento sistemático da literatura entre 2016 e 2020, tendo como recorte artigos publicados em eventos e revistas nacionais. Como resultado, identificou-se que mais de 80% das publicações são originadas de instituições públicas, especialmente das regiões Nordeste e Sul, e que houve um aumento expressivo das propostas voltadas ao ensino híbrido e EAD. Constatou-se uma predominância em propostas que visam aumentar o engajamento e a motivação dos estudantes. Por outro lado, estudos com foco em estudantes egressos, na baixa representatividade feminina ou em diferenças de gênero, classe social ou raça ainda são escassos. Em relação aos professores, a predominância de estudos foi na produção e aperfeiçoamento de ferramentas de avaliação automatizadas. No entanto, essas ferramentas ainda encontram problemas quanto à sua distribuição e adoção em escala.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bennedsen, Jens; Caspersen, Michael E. Failure rates in introductory programming. Association for Computing Machinery Special Interest Group on Computer Science Education (ACM SIGCSE), 2007. DOI: doi.org/10.1145/1272848.1272879.

Bennedsen, Jens; Caspersen, Michael E. Failure rates in introductory programming: 12 years later. Association for Computing Machinery (ACM), 2019. DOI: 10.1145/3324888.

Blatt, Lucas; Becker, Valdecir; Ferreira, Alexandre. Mapeamento Sistemático sobre Metodologias e Ferramentas de apoio para o Ensino de Programação. VI Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE), 2017. DOI: 10.5753/cbie.wie.2017.815.

Borges, R. P.; Oliveira, P. R. F.; Lima, R. G. da R.; Lima, R. W. A systematic review of literature on methodologies, practices, and tools for programming teaching. Institute of Electrical and Electronics Engineers Latin America Transactions (IEEE Latin America Transactions), 2018. DOI: 10.1109/TLA.2018.8408443.

Carta Campinas, 2018. Relatório mostra que universidade particular no Brasil não produz conhecimento. Disponível em: [Link]. Acesso em 03 de agosto de 2022.

Castro, Ronney Moreira; Siqueira, Sean. Metodologias, técnicas, ambientes e tecnologias alternativas utilizadas no ensino de algoritmos e programação no ensino superior no brasil. Anais dos Workshops do VIII Congresso Brasileiro de Informática na Educação (WCBIE), 2019. DOI: 10.5753/cbie.wcbie.2019.228.

Fincher, Sally A.; Robins, Anthony V. The Cambridge Handbook of Computing Education Research. Cambridge University Press, 2019. ISBN-10: 1108721893.

Florenzano, C. Computação é o que mais sofre evasão em universidades públicas e privadas. Comunidade Brasileira de Sistemas de Informação (CBSI), 2018. Disponível em: [Link].

Holanda, Wallace Duarte; De Paiva Freire, Laís; Da Silva Coutinho, Jarbele Cássia. Estratégias de ensino-aprendizagem de programação introdutória no ensino superior: uma Revisão Sistemática da Literatura. Revistas Novas Tecnologias na Educação (RENOTE), 2019. DOI: 10.22456/1679-1916.95905.

INEP, 2020. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Censo da Educação Superior 2019. Disponível em: [Link]. Acesso em 03 de novembro de 2021.

Kitchenham, B.; Charters, S. Guidelines for performing Systematic Literature Reviews in Software Engineering. EBSE Technical Report, 2007.

Luxtor-Reilly, A.; Simon; Albluwi, I.; Becker, B. A.; Giannakos, M.; Kumar, A. N.; Ott, L.; Paterson, J.; Scott, M. J.; Sheard, J.; Szabo, C. Introductory Programming: A Systematic Literature Review. Proceedings Companion of the 23rd Annual ACM Conference on Innovation and Technology in Computer Science Education (ITiCSE), 2018. DOI: 10.1145/3293881.3295779.

Medeiros, R. P.; Falcão, T. P.; Ramalho, G. L. Ensino e Aprendizagem de Introdução à Programação no Ensino Superior Brasileiro: Revisão Sistemática da Literatura. Workshop Sobre Educação em Computação (WEI), 2020. DOI: 10.5753/wei.2020.11155.

Ramos, V.; Wazlawick, R.; Galimberti, M.; Freitas, M.; Mariani, A. C. A Comparação da Realidade Mundial do Ensino de Programação para Iniciantes com a Realidade Nacional: Revisão sistemática da literatura em eventos brasileiros. Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), 2015. DOI: 10.5753/cbie.sbie.2015.318.

Santos, S. M.; Noronha, D. P. O Desempenho das Universidades Brasileiras em Rankings Internacionais. Em Questão, Porto Alegre, v. 22, n. 2, p. 186–219, 2016. DOI: 10.19132/1808-5245222.186-219.

Sidone, O. J. G.; Haddad, E. A.; Mena-Chalco, J. P. A ciência nas regiões brasileiras: evolução da produção e das redes de colaboração científica. Transinformação, Scientific Electronic Library Online (SciELO), 2016. DOI: 10.1590/2318-08892016002800002.

Silva, P.; Cavalcante, M. T. C.; Fechine, J.; Costa, E. Silva. Um Mapeamento Sistemático sobre Iniciativas Brasileiras em Ambientes de Ensino de Programação. Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), 2015. DOI: 10.5753/cbie.sbie.2015.367.

Silva, T. R.; Medeiros, T.; Medeiros, H.; Lopes, R.; Aranha, E. Ensino-aprendizagem de Programação: Uma Revisão Sistemática da Literatura. Revista Brasileira de Informática na Educação (RBIE), 2015. DOI: 10.5753/rbie.2015.23.01.182.

SOURCE FORGE, n.d.. Robocode. [online]. Disponível em: [Link]. Acesso em 15 de março de 2022.

Watson, C.; Li, F. W. B. Failure rates in introductory programming revisited. Conference on Innovation & Technology in Computer Science Education (ITiCSE), 2014. DOI: 10.1145/2591708.2591749.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-11-10

Como Citar

MORAES, R. P. de; COSTA, V. F. da; SCHOLZ, R. E. P. Mapeamento Sistemático do Ensino Introdutório de Programação nos Ensinos Técnico e Superior no Brasil. Revista Brasileira de Informática na Educação, [S. l.], v. 30, p. 628–647, 2022. DOI: 10.5753/rbie.2022.2611. Disponível em: https://sol.sbc.org.br/journals/index.php/rbie/article/view/2611. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos