Um Boom de Mídias na Infância: Reflexões acerca do Uso de Tecnologias Digitais na Educação Infantil

  • Gabryelle Chaves Ferreira UFC
  • Maria Auricélia da Silva UFC
  • Thiago de Sousa Garcia UFC

Resumo


Este estudo investiga os interesses de crianças da Educação Infantil pelo uso de recursos digitais fora da escola, a forma como elas usam esses instrumentos em seu cotidiano e o tempo que consomem em atividades dessa natureza em comparação com outra pesquisa, realizada em 2016. O paradigma interpretativo e a abordagem quali-quantitativa constituíram o principal pilar da pesquisa. Os dados foram coletados por meio de um questionário aplicado aos familiares das crianças, com a finalidade de sondar os interesses e usos que elas fazem dos recursos digitais aos quais têm acesso. Os resultados indicaram que as crianças mostram grande proximidade com as tecnologias digitais, o que possibilita utilizá-las como recurso pedagógico.

Referências

ALVES, Lynn. (2008) “Relações entre jogos digitais e aprendizagem: delineando percurso”. In: Educação, Formação & Tecnologias, vol.1(2); pp. 3-10, Novembro de 2008. Disponível em . Acesso em: 30 jun de 2019.

BOGDAN, Roberto C. e BIKLEN, Sari Knopp. (1994) “Investigação qualitativa em educação”. Tradução Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora.

CHIZZOTTI, Antonio. (1998) “Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais”. 3. ed. São Paulo: Cortez.

COLL, César e MONEREO, Carles. (2010) “Educação e aprendizagem no século XXI: novas ferramentas, novos cenários, novas finalidades”. In: COLL, César; MONEREO, Carles. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e educação. Porto Alegre: Artmed, 2010. Cap. 1. p. 15-45. Tradução: Naila Freitas.

KENSKI, V. M. (2012) “Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação”. Campinas, São Paulo: Papirus, 2012.

MACHADO, Márcia Regina. (2013) “A inclusão da tecnologia na educação infantil”. In: XI Congresso Nacional de Educação. Pontifícia Universidade Tecnológica do Paraná.

SANTAELLA, Lucia. (2012) “O papel do lúdico na aprendizagem”. In: Revista Teias, v. 13, n. 30, p. 163-173, set./dez. 2012.

SILVA, M. A. e MACEDO FILHO, J.A. (2016) “Mídias Digitais na Educação Infantil: uma reflexão necessária”. In: XVIII Encontro Nacional de Educação Infantil. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, Rio Grande do Norte.

SPRATT, C.; WALKER, R.; ROBINSON, B. (2004) “Mixed research methods”. Practitioner Research and Evaluation Skills Training in Open and Distance Learning. Commonwealth of Learning, 2004. Disponível em: http://www.col.org/SiteCollectionDocuments/A5.pdf. Acesso em: 28 jun. 2019.

STAA, Betina Von. (2011) Aproveitando a tecnologia para promover o desenvolvimento das crianças. Pátio Educação Infantil ano IX N° 28 jul/set. 2011.
Publicado
02/12/2019
Como Citar

Selecione um Formato
FERREIRA, Gabryelle Chaves; DA SILVA, Maria Auricélia; GARCIA, Thiago de Sousa. Um Boom de Mídias na Infância: Reflexões acerca do Uso de Tecnologias Digitais na Educação Infantil. In: CONGRESSO SOBRE TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO (CTRL+E), 4. , 2019, Recife. Anais do IV Congresso sobre Tecnologias na Educação. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, dec. 2019 . p. 184-191. DOI: https://doi.org/10.5753/ctrle.2019.8889.