Programadores do Amanhã: Introdução ao Pensamento Computacional na Educação Básica

  • Givanaldo Rocha de Souza IFRN
  • Stephanny Kawany M. Nunes IFRN
  • Marília Barbosa C. do Nascimento IFRN
  • Estevão Henrique L. Ferreira IFRN

Resumo


Este artigo tem como objetivo descrever o relato de experiência de um curso de introdução ao pensamento computacional na educação básica por meio da programação em blocos usando o Scratch. Para isso, foram analisadas as experiências vividas no projeto Programadores do Amanhã, o qual consiste em levar para alunos de escolas públicas o conhecimento em Programação de Computadores, realizado por alunos do curso técnico integrado em Informática e do curso superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, ambos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), Campus Parnamirim.

Referências

Amaral, H. J. C. et al (2014). A disseminação do pensamento computacional na educação básica: lições aprendidas com experiências de licenciandos em computação. Anais do XXXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC).

Blikstein, P. (2008). O Pensamento Computacional e a Reinvenção do Computador na Educação. Disponível em: .

França, R. S.; Amaral, H. J. C. (2013). Proposta Metodológica de Ensino e Avaliação para o Desenvolvimento do Pensamento Computacional com o Uso do Scratch. Anais do II Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE).

Fróes, J. A. (1994). Tecnologia na vida cotidiana: - importância e evolução sócio-histórica. Rio de Janeiro.

Madeira, Charles (2017). Introdução ao Pensamento Computacional com Scratch. In: Anais do II Congresso sobre Tecnologias na Educação (CTRL+ E-2017). p. 725-730.

Marinho, Anna R. da Silva et al (2017). O uso do Scratch na Educação Básica: Um relato de experiência vivenciada no PIBID. In: Anais do Workshop de Informática na Escola. p. 402.

Marques, M. C. P. O. (2013). O ensino da programação no desenvolvimento de jogos através do ambiente Scratch. Tese do mestrado em Ensino de Informática da Universidade do Minho, Braga.

Mélo, F. É. N. et al. Do Scratch ao Arduino: uma proposta para o ensino introdutório de programação para cursos superiores de tecnologia. Anais do XXXIX Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (COMBEGE), 2011.

Rocha, A. S. et al. Utilização do Scratch como ferramenta de auxílio à aprendizagem de programação. Anais do XLI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (COMBEGE), 2013.

Scratch. (2015) “About Scratch”, http://scratch.mit.edu/about.

Silva, João Paulo da; Falcão, Taciana Pontual. Jogos Infantis e Pensamento Computacional: em Busca de um Conjunto de Diretrizes de Design. 2017.

Silva, Vladimir; Souza, Aryesha; Morais, Dyego. Pensamento Computacional no Ensino de Computação em Escolas: Um Relato de Experiência de Estágio em Licenciatura em Computação em Escolas Públicas. In: Congresso Regional Sobre Tecnologias na Educação. 2016. p. 324-325.

Wing, J. (2006). Computational Thinking. Communications of the ACM, 49(3): 33-36.
Publicado
02/12/2019
Como Citar

Selecione um Formato
DE SOUZA, Givanaldo Rocha; NUNES, Stephanny Kawany M.; DO NASCIMENTO, Marília Barbosa C.; FERREIRA, Estevão Henrique L.. Programadores do Amanhã: Introdução ao Pensamento Computacional na Educação Básica. In: CONGRESSO SOBRE TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO (CTRL+E), 4. , 2019, Recife. Anais do IV Congresso sobre Tecnologias na Educação. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, dec. 2019 . p. 454-462. DOI: https://doi.org/10.5753/ctrle.2019.8917.