Avaliação de Plataforma Multimodal de Jogos Sérios para Auxílio a Terapia para Autistas

Resumo


Este trabalho descreve o desenvolvimento de uma plataforma capaz de capturar a frequência cardíaca através de um sensor óptico não invasivo embutido em um joystick. A plataforma se concentra nos transtornos do espectro autista (TEA), cuja interação com mídias digitais ainda não foi totalmente compreendida. Um jogo sério foi desenvolvido para testar a frequência cardíaca como parâmetro de jogo. Um questionário foi respondido por 39 especialistas que avaliaram a plataforma, o design do joystick e o jogo. Todos os 18 itens foram avaliados acima do centro da escala, exceto os custos do projeto. Podemos concluir que este tipo de plataforma multimodal pode melhorar as possibilidades de criação de jogos sérios específicos para TEA.

Palavras-chave: autismo, TEA, sistema multimodal, biossinal

Referências

Alvarez, J. e Djaouti, D. (2011) "An introduction to Serious Game Definitions and Concepts", em Anais do Serious Games & Simulation for Risks Management Workshop, pp. 11-15.

Ament, K. et al (2015). "Evidence for specificity of motor impairments in catching and balance in children with autism", J Autism Dev Disord., vol. 45, no. 3, pp. 742-51.

Fan, J. et al. (2018), "EEG-Based Affect and Workload Recognition in a Virtual Driving Environment for ASD Intervention", IEEE Transactions on Biomedical Engineering, vol. 65, no. 1, pp. 43-51.

Fleming, S. et al. (2011), "Normal ranges of heart rate and respiratory rate in children from birth to 18 years of age: a systematic review of observational studies", Lancet., vol. 377, no. 9770, pp. 1011-1018.

Galvão, T. (2012) "Tecnologia Assistiva: favorecendo o desenvolvimento e a aprendizagem em contextos educacionais inclusivos", em C.R.M. Giroto R.B. Poker, S. Omote. (Org.). As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas. Cultura Acadêmica, Marília-SP, pp. 65-92.

Goulart, C. et al. (2014), "EEG analysis and mobile robot as tools for emotion characterization in autism", em Anais do BMC 2014 8(Suppl 4): P85.

Kuriakose, S. e Lahirir, U. (2017), "Design of a Physiology-Sensitive VR-Based Social Communication Platform for Children with Autism", IEEE Transactions on Neural Systems and Rehabilitation Engineering, vol. 25, no. 8, pp. 1180-1191.

Loures, D. et al. (2002), "Estresse Mental e Sistema Cardiovascular", Arq. Bras. Cardiol., vol. 78, no. 5, pp. 525-530.

Néry, J. T. C. et al. (2019), "Jogos Sérios Multimodais para a Saúde: Um Mapeamento Sistemático da Literatura", em Anais do XVIII SBGames, pp. 198-206.

Oliveira, C. (2016) "Um Retrato do Autismo no Brasil", Revista Espaço Aberto, Edição n. 170, 6 de abril. São Paulo, Brasil.

Posar, A. e Visconti, P. (2018), "Sensory abnormalities in children with autism spectrum disorder", J Pediatr (Rio J), vol. 94, no. 4, pp. 342-50.

Shelley, K. e Shelley, S. (2001), "Pulse Oximeter Waveform: Photoelectric Plethysmography, in Clinical Monitoring", em Carol Lake, R. Hines, and C. Blitt, Eds.: W.B. Saunders Company, pp. 420-428.

Warren, Z. et al. (2011) "A Systematic Review of Early Intensive Intervention for Autism Spectrum Disorders", Pediatrics, vol. 127, no. 5, pp. e1312 - e1322.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
TRINDADE, Andre B.; JERONIMO, Joice L.; HOUNSELL, Marcelo da S.; FAUST, Rafael G.. Avaliação de Plataforma Multimodal de Jogos Sérios para Auxílio a Terapia para Autistas. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 281-291. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.217422.