O Ensino de Programação na Educação Básica: Uma Revisão da Literatura

Resumo


A aprendizagem de programação envolve a compreensão de umasérie de teorias e práticas, que possibilitam o desenvolvimento de diversashabilidades. Este artigo tem como objetivo apresentar o resultado de umarevisão da literatura referente a metodologias utilizadas e ferramentas queauxiliam no ensino de programação para crianças de forma lúdica, eenfatizando suas contribuições positivas para a educação básica e o ensinointerdisciplinar, onde os alunos se tornam aptos a resolver diferentes problemas por meio de conceitos computacionais.

Palavras-chave: Programação para crianças, ensino de programação, gamificação

Referências

AN. D.Y; SILVA. C. D; RIBEIRO. D. M.G; ROCHA. P. B. R.; MALTINTI. C.; NUNES. V. B.; FÁVERO, R.. Digita - um Jogo Educativo de Apoio ao Processo de Alfabetização Infantil. In: Anais do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, Vol. 24. Nº. 1. 2013.

ARIMOTO, Maurício; OLIVEIRA, Weldrey. Dificuldades no Processo de Aprendizagem de Programação de Computadores: um Survey com Estudantes de Cursos da Área de Computação. In: WORKSHOP SOBRE EDUCAÇÃO EM COMPUTAÇÃO (WEI), 27., 2019, Belém. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 244-254.

D. Oliveira; S. Ferreira; H. Celestino; S. Ferreira; P. Abrantes. Uma proposta de ensino-aprendizagem de programação utilizando robótica educativa e storytelling. In: II Congresso Internacional TIC de Educação, Lisboa. 2012. p. 10.

DOMINGOS, Adenil Alfeu. Storytelling: Evolução, Novas Tecnologias e Mídia. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, Curitiba, set. 2009.

FERRI, Juliana. Ensino de linguagem de programação na educação básica: uma proposta de sequência didática para desenvolver o pensamento computacional. universidade estadual do norte do paraná.

FERRI, Juliana; ROSA, Selma dos Santos. Como o Ensino de Programação de Computadores Pode Contribuir Com a Construção de Conhecimento na Educação Básica Uma Revisão Sistemática da Literatura. CINTED-UFRG, 2016.

FERREIRA, Luísa S. Santos, Sylvana Karla S. L., Bonfim, Cristiane Jorge L. Pensamento Computacional e Programação Scratch: uma revisão de literatura do SBIE. Instituto Federal de Brasília, 2021.

GOMES, Marcos César Pires. Os benefícios do ensino de linguagem de programação no currículo regular, 2015.

KELLEHER, C. and Pausch, R. (2005). Lowering the barriers to programming: A taxonomy of programming environments and languages for novice programmers. ACM Computing Surveys (CSUR), 37(2):83–137. Publisher: ACM New York, NY, USA.

Kitchenham, B.; Charters, S. (2007) Guidelines for performing Systematic Literature Reviews in Software Engineering. In: Technical report, Ver. 2.3 EBSE Technical Report. EBSE.

MACEDO, L., PETTY, A. L. S., PASSOS, N. C. (2005). Os jogos e o lúdico na aprendizagem escolar.

MEDEIROS, Rodrigo Pessoa; FALCÃO, Taciana Pontual; RAMALHO, Geber Lisboa. Ensino e Aprendizagem de Introdução à Programação no Ensino Superior Brasileiro: Revisão Sistemáica da Literatura. In: WORKSHOP SOBRE EDUCAÇÃO EM COMPUTAÇÃO (WEI). Cuiabá. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020.

ORO, Neuza et al. Olimpíada de Programação de Computadores para Estudantes do Ensino Fundamental: A interdisciplinaridade por meio do Software Scratch. In: Anais do Workshop de Informática na Escola. 2015. p. 102.

PALACIOS, Fernando; TERENZZO, Martha. O Guia Completo do Storytelling. Alta Books Editora, 2016.

S. M. Torres; A.L.L. Tettamanzy. Contação de histórias: resgate da memória e estímulo à imaginação. Nau literária. Porto Alegre, RS. Vol. 4, n. 1 (jan./jun. 2008), p. 1-8, 2008.

SANTOS, R. P.; Costa, H. A. X. (2006). Análise de metodologias e ambientes de ensino para algoritmos, estrutura de dados e programação aos iniciantes em Computação e Informática. INFOCOMP Journal of Computer Science, 5(1):41–50.

SELBY, C.; woollard, J. Computational thinking: the developing definition, 2013.

SERRANO, F. Geração Geek. Revista Exame Informática. São Paulo: Editora Abril, 2014.

SILVA, Jailson Cunha da. Ensino de Programação para alunos do Ensino Básico: Um levantamento das pesquisas realizadas no Brasil. Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Campus IV –Rua da Mangueira, s/n, Companhia de Tecidos Rio Tinto, 2017.

SOUZA, Draylson Micael; BATISTA, Marisa Helena da Silva; BARBOSA, Ellen Francine. Problemas e Dificuldades no Ensino e na Aprendizagem de Programação: Um Mapeamento Sistemático. Revista Brasileira de Informática na Educação, Volume 24, Número 1, 2016.

WEINTROP, D., Shepherd, D. C., Francis, P., and Franklin, D. (2017). Blockly goes to work: Block-based programming for industrial robots. In 2017 IEEE Blocks and Beyond Workshop (B B), pages 29–36.

WING, J. Computational thinking. Communications of the acm, v. 49, n. 3, 2006, p. 33-35.
Publicado
22/11/2021
Como Citar

Selecione um Formato
SOUZA, Franciely Alves de; FALCÃO, Taciana Pontual; MELLO, Rafael Ferreira. O Ensino de Programação na Educação Básica: Uma Revisão da Literatura. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 32. , 2021, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 1265-1275. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2021.218461.