Sistemas Complexos com Apoio do ChatGPT na Interpretação de Gráficos para Estudantes com Deficiência Visual

  • Jefferson Ribeiro Lima UFRGS
  • Ricardo Daniel Prestes Jacaúna UFRGS
  • Miriam Garcia Müller UFRGS
  • Crediné Silva de Menezes UFRGS

Resumo


Este artigo apresenta um relato de experiência no desenvolvimento e aplicação de um ambiente de simulação multiagente, baseado no Netlogo e com suporte do ChatGPT, para promover a acessibilidade e inclusão de estudantes com deficiência visual (DV) nas aprendizagens de sistemas complexos. Os resultados obtidos, evidenciaram a acessibilidade, proporcionada pelo protótipo, que oferece recursos textuais no simulador Netlogo. Essa abordagem facilita a compreensão dos sistemas complexos, bem como, os recursos adaptados auxiliam na interpretação dos gráficos por estudantes com DV, promovendo a igualdade de oportunidades educacionais.

Referências

Baker, T., Smith, Nandra A., L., Sheehan, K., Ward, K., Waters, A., Berditchevskaia, A., van B., Campbell, N., Candsell, O., Casasbuenas, J., Cinnamon, G. (2019). Educ-AI-tion Rebooted? Exploring the future of artificial intelligence in schools.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016

Banerjee, A., & Muralidharan, S. (2019). Simulation modeling and analysis: A case study approach. CRC Press.

Bar‐Yam, Yaneer. From big data to important information. Complexity, v. 21, n. S2, p. 73-98, 2016.

Bordini, R.H., Vieira, R.. Moreira, A.F. (2001). JAl - Fundamentos de Sistemas Multiagentes. In: Carlos Eduardo Ferreira. (Org.). As Tecnologias da informação e a questão social. Anais do XXI Congresso da SBC. Fortaleza, jul/ago de 2001.

Braga, Denise Bértoli. Ambientes digitais: reflexões teóricas e práticas. Cortez Editora, 2016.

Catalano, J. V. R., & Lorenzi, B. R. Sem Referências: o ChatGPT sob a perspectiva latouriana e a armadilha do Duplo Clique. Revista Faz Ciência, 25(41).

Ferber, J. (1999) Multi-Agent Systems: An Introduction to Distributed Artificial Intelligence. Addison-Wesley.

Holland, J. (1999) Sistemas complexos adaptativos e algoritmos genéticos. In: H.M. Nussenzveig. (Org.) Complexidade & Caos. Rio de Janeiro

Johnson, T. (2018). Simulating complex systems: The essential basics. Springer.

Macal, C. M., & North, M. J. (2010). Tutorial on agent-based modelling and simulation. Journal of Simulation, 4(3), 151-162.

Müller, M. G., & de Menezes, C. S. (2021). Tecnologias educacionais acessíveis para apoiar o ensino de matemática: uma revisão sistemática de literatura. RENOTE, 19(2), 41-50.

Nussenzveig, H.M. (1999) Introdução à complexidade. In: H.M. Nussenzveig (Org.). Complexidade & Caos. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ/COPEA.

Wilensky and W. Rand An Introduction to Agent-Based Modeling With NetLogo. Cambridge, MA, USA: MIT Press, 2015.

Yoon, Susan A.; GOH, Sao-Ee; PARK, Miyoung. Teaching and learning about complex systems in K–12 science education: A review of empirical studies 1995–2015. Review of Educational Research, v. 88, n. 2, p. 285-325, 2018.
Publicado
06/11/2023
Como Citar

Selecione um Formato
LIMA, Jefferson Ribeiro; JACAÚNA, Ricardo Daniel Prestes; MÜLLER, Miriam Garcia; MENEZES, Crediné Silva de. Sistemas Complexos com Apoio do ChatGPT na Interpretação de Gráficos para Estudantes com Deficiência Visual. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO (SBIE), 34. , 2023, Passo Fundo/RS. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2023 . p. 1040-1049. DOI: https://doi.org/10.5753/sbie.2023.235015.