Experiências da Formação do Docente do Ensino Superior no Google Classroom em Tempos da Pandemia da COVID-19

Resumo


Esta pesquisa busca descrever o percurso metodológico bem como as experiências alcançadas através de um projeto de formação tecnológica para docentes do ensino superior. Dada as possibilidades de ampliação dos seus conhecimentos sobre as ferramentas do Google for Education, de forma aplicável ao contexto educativo, a concepção deste projeto deccoreu da necessidade urgente de enfrentar os desafios relacionados à Educação Remota e Ensino Híbrido, em função das medidas sanitárias de afastamento social durante a pandemia do COVID-19. Objetivou-se, assim, potencializar a prática dos docentes em formações dessa natureza, a fim de que estes possam promover novas experiências educativas e melhorias na sua própria vivência profissional.
Palavras-chave: Formação Docente, Educação Superior, Google Classroom

Referências


Abazi-Bexheti, L., Kadriu, A., Apostolova-Trpkovska, M., Jajaga, E., and Abazi-Alili, H. (2018). Lms solution: Evidence of google classroom usage in higher education. Business Systems Research Journal, 9(1):31 – 43.

Beira, D. and Nakamoto, P. (2016). A formação docente inicial e continuada prepara os professores para o uso das tecnologias de informação e comunicação (tics) em sala de aula? Anais do Workshop de Informática na Escola, 22(1):825.

Carneiro, J., Lopes, A., and Neto, E. (2018). A utilização do google sala de aula na educação básica: uma plataforma pedagógica de apoio à educação contextualizada. Anais do Workshop de Informática na Escola, 24(1):401.

Coelho, I. M. W. S. (2019). O uso do google classroom em contextos híbridos: uma análise das práticas interativas no ensino-aprendizagem de línguas. REVISTA EDa-PECI - Educação à Distância e Práticas Educativas Comunicacionais e Interculturais, 19(1):107–120.

Costa, I., Mandú, F., Costa, C., Ribeiro, A., and Couto, D. (2019). Google sala de aula como interface de aprendizagem baseada em problema (abp) no ensino superior. Anais do Workshop de Informática na Escola, 25(1):792.

Fantinel, P., Angelo, N. P., and Angelo, D. (2013). Mídias digitais na educação à distância online. In Nuevas Ideas en Informática Educativa, Congresso Internacional de Informática Educativa, volume 9. Sociedade Brasileira de Computação.

Jakkaew, P. and Hemrungrote, S. (2017). The use of utaut2 model for understanding student perceptions using google classroom: A case study of introduction to information technology course. In 2017 International Conference on Digital Arts, Media and Technology (ICDAMT), pages 205–209.

Moura, K., Carvalho, M., and Mion, M. (2019). O letramento digital na formação de professores: uma revisão sistemática das produções. Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE), 30(1):606.

Oliveira, M. A. and Carreiro, E. d. L. P. (2020). O novo normal da educação, quando o virtual não é fictício. REVISTA LAGOS, 11(1):1–3.

Pimentel, F. S. C. (2007). Formação de professores e novas tecnologias: possibilidades e desafios da utilização de webquest e webfólio na formação continuada.

Saboia, J., Granville, M. L., Gianotti, R., ao Maria, S. A. A., and Behar, P. A. (2014). Habilidades para letramento digital: Um estudo comparativo entre alunos de curso oferecido nas modalidades à distância e presencial. Anais do Workshop de Informática na Escola, 20(1).

Zednik, H., Tarouco, L. M. R., Klering, L., García-Valcárcel, A., and Guerra, E. P. M. (2014). Tecnologias digitais na educação: proposta taxonômica para apoio à integração da tecnologia em sala de aula. Anais doWorkshop de Informática na Escola, 20(1):507.

Publicado
24/11/2020
Como Citar

Selecione um Formato
NOBRE, Alena Pimentel Mello Cabral; RODRIGUES, Cleyton Mário de Oliveira. Experiências da Formação do Docente do Ensino Superior no Google Classroom em Tempos da Pandemia da COVID-19. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 26. , 2020, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 339-348. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2020.339.