Formação docente em Robótica na Educação Básica: um processo investigativo em rede

  • Marcelo Barbosa Magalhães Escola Estadual Professor Milton Pacheco
  • Aline Silva De Bona IFRS
  • Adão Caron Cambraia IFFAR
  • Idiana T. Muller Shneider IFFAR

Resumo


O trabalho investigativo compartilha a importância de se proporcionar ações de formação docente quanto às tecnologias plugadas e desplugadas atreladas ao pensamento computacional que está intimamente ligado a resolução de problemas. A metodologia das oficinas é colaborativa, online e presencial, com atividades práticas e conceituais. Os professores da escola básica demonstram interesse e ideias de apropriação dos novos conhecimentos para a sala de aula com relação a suas disciplinas, mesmo destacando a dificuldade de recursos tecnológicos para um movimento pró robótica, e associam a programação ao conhecimento lógico necessário na escola para mobilizar o aprendizado que parte da realidade.

Referências

Avila, T. S. ; Cambraia, A. C. ; Rockenback, U. B. ; Cruz, D. ; Gehrke, R. (2023). Iniciação Tecnológica no Ensino Fundamental: projeto pro robótica para desenvolver o pensamento computacional. In: M. C. Pansera-de-Araújo; E. T. de O. Boff; Alisson V. B.; D. M. Martins (in memoriam). (Org.). ABORDAGENS DIVERSIFICADAS: dos temas urgentes na educação contemporânea. 1ed.Ijuí: UNIJUI, v. 1, p. 109-116.

Bona, A. S. D. (2012) Espaço de Aprendizagem Digital da Matemática: o aprender a aprender por cooperação. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação. Porto Alegre: UFRGS.

Bona, A. S. (org). (2021) (Des)Pluga: o pensamento computacional atrelado a Atividades Investigativas e a uma Metodologia Inovadora. São Paulo: Pragmatha.

Bosbsin, R.S. et al. (2020) O Pensamento Computacional presente na Resolução de Problemas Investigativos de Matemática na Escola Básica. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 31. Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020. p. 1473-1482. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.sbie.2020.1473. Acesso em: jun. 2023.

Brasil. (2018).Secretaria de Educação Básica; Conselho Nacional de Educação. Base nacional comum curricular: educação é a base. Brasília: MEC; SEB; CNE.

Cambraia, A. C.; Zanon, L. B. (2019) Formação docente: recriação da prática curricular no Ensino Superior. Curitiba: Appris.

Hoffman, D.; Fagundes, L. (2008). Cultura Digital na Escola ou Escola na Cultura Digital? In: Renote. v.6. n.1. jul. Disponível em: [link]. Acesso em: jun.2023.

Magalhães, M.B.; Bona, A.S.D; Borges, K. (2021) A lógica dos algoritmos de ordenação na Educação Básica através de Atividades Desplugadas de Matemática. In: ReTER, Santa Maria, v.2 n.3. Disponível em: [link]. Acesso em: jun. 2023.

Nunes, N.; Alves, L; Bona, A. S. (2023) O uso de testes de mesa atrelado à elaboração de atividades desplugadas com a metodologia do pensamento computacional. In: Revista Informática na Educação: Teoria e Prática, UFRGS/Cinted.v. 26, n. 1 (prelo). Papert, S. (1994) A Máquina das crianças. Porto Alegre: Artmed, 1994.

Paqual Jr., P. A. (2020) Pensamento Computacional e tecnologia: reflexões sobre a educação no século XXI. Caxias do Sul, RS: Educs.

Raabe, A. L. (2016). “Uma estação móvel que possibilita transformar a sala de aula em espaço maker.” In: I CONFERÊNCIA FABLEARN BRASIL. 2016. Disponível em:. Acesso em: 14 de jul. de 2023.

RUSHKOFF, Douglas. Program Or Be Programmed: Ten Commands for a Digital Age. New York: OR Books, 2010.

Wing, J. (2010) Computation Thinking: What and Why?, 17. out. Disponível em: [link]. Acesso em 3 mar. 2019.
Publicado
06/11/2023
Como Citar

Selecione um Formato
MAGALHÃES, Marcelo Barbosa; BONA, Aline Silva De; CAMBRAIA, Adão Caron; SHNEIDER, Idiana T. Muller. Formação docente em Robótica na Educação Básica: um processo investigativo em rede. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA (WIE), 29. , 2023, Passo Fundo/RS. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2023 . p. 1343-1351. DOI: https://doi.org/10.5753/wie.2023.235097.