Maria Bonita nas Ciências :: um projeto para divulgar Ciências às meninas de escolas públicas

  • Glaucia M. M. Campos UFRN
  • Ana Cecília M. de Melo UFRN

Resumo


A representação desigual das mulheres nas áreas de Ciência, Tecnologia e Engenharia continua sendo um desafio. O potencial inexplorado de mulheres brilhantes começa na infância e continua nas universidades. No ambiente de trabalho, as mulheres sofrem com a competição, salários mais baixos e assédio sexual. Portanto, ampliar a participação de mulheres nas ciências deve ser uma preocupação constante. O projeto Maria Bonita nas Ciências objetiva despertar o interesse das meninas estudantes de ensino médio para as ciências, em especial, os cursos de tecnologia. O público-alvo está nas meninas de escolas públicas da zona norte de Natal/RN. As ações do projeto consistem em minicursos, oficinas e palestras com profissionais da área.

Palavras-chave: meninas, escolas públicas, ensino médio, ciências

Referências

Alencar, A., Pinheiro, V., and Marques, A. (2019). Promovendo o conhecimento sobre mulheres na computação: experiência com o jogo de cartas computasseia no ensino de história da computação. In Anais do XIII Women in Information Technology, pages 139–143, Porto Alegre, RS, Brasil. SBC.

Andrade, R. d. O. (2019). A retomada do espaço da mulher na computação. Revista Pesquisa FAPESP. Edition 279. May.

Burge, J., Gannod, G., Doyle, M., and Davis, K. (2013). Girls on the go: a cs summer camp to attract and inspire female high school students. pages 615–620.

Ferreira, K., Barbosa, G., and Albuquerque, S. (2019). Uma iniciativa para apoiar e empoderar alunas de ensino técnico e de graduação em computação. In Anais do XIII Women in Information Technology, pages 104–108, Porto Alegre, RS, Brasil. SBC.

FORPROEX (2012). Política Nacional de Extensão Universitária., volume 7 of Coleção Extensão Universitária. Gráfica da UFRGS, Porto Alegre, RS.

Negreiros, A. (2018). Maria Bonita - Sexo, Violência e Mulheres No Cangaço. Number 1. Objetiva, Cidade da Editora.

ONU (2015). Transformando nosso mundo: A agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável. Organização das Naçõoes Unidas. https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. [Online; accessed 30-April-2020].

ONU (2020). Em dia internacional, onu diz que mulheres e meninas continuam excluídas de participação plena na ciência. Organização das Nações Unidas. https://news.un.org/pt/story/2020/02/1703721. [Online; accessed 30-April-2020].

Pollock, L., McCoy, K., Carberry, S., Hundigopal, N., and You, X. (2004). Increasing high school girls’ self confidence and awareness of cs through a positive summer experience. SIGCSE Bull., 36(1):185–189.

SBC (2020). Programa meninas digitais. Sociedade Brasileira de Computação. http://meninas.sbc.org.br/. [Online; accessed 30-April-2020].

UNESCO (2018). Decifrar o código: educação de meninas e mulheres em ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

UNESCO (2020a). International day of women and girls in science.UNESCO – Building peace in the minds of men and women. https://en.unesco.org/events/international-day-women-and-girls-science. [Online; accessed 30-April-2020].

UNESCO (2020b). L’oréal-unesco for women in science programme.UNESCO – Building peace in the minds of men and women. https://en.unesco.org/science-sustainable-future/women-in-science. [Online; accessed 30-April-2020].

Vachovsky, M., Wu, G., Chaturapruek, S., Russakovsky, O., Sommer, R., and Fei-Fei, L. (2016). Toward more gender diversity in cs through an artificial intelligence summer program for high school girls. pages 303–308.
Publicado
30/06/2020
Como Citar

Selecione um Formato
CAMPOS, Glaucia M. M.; DE MELO, Ana Cecília M. . Maria Bonita nas Ciências :: um projeto para divulgar Ciências às meninas de escolas públicas. In: WOMEN IN INFORMATION TECHNOLOGY (WIT), 14. , 2020, Cuiabá. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 50-59. DOI: https://doi.org/10.5753/wit.2020.11275.