Minerv@s Digitais: encorajando e acolhendo mulheres na computação

  • Larissa M. da F. Galeno UFRJ
  • Maria Eduarda H. Lucena UFRJ
  • Tainá da S. Lima UFRJ
  • Maria Luiza M. Campos UFRJ

Resumo


A computação, da forma que se conhece hoje, foi desenvolvida também por mulheres: Ada Lovelace, Dorothy Vaughan e Margaret Hamilton são somente alguns dos nomes que ficaram marcados na história. Contudo o que é visto atualmente é o afastamento de profissionais do sexo feminino da área. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo apresentar o Minerv@s Digitais, um projeto de extensão na Universidade Federal do Rio de Janeiro, composto por alunos de cursos científicos-tecnológicos, cujo propósito é diminuir esse afastamento, especialmente na área da computação. O projeto atuou com iniciativas nos últimos dois anos, como a hackathon Minerv@ Jam e o evento Jornad@s. Já para 2020, com a experiência que os alunos obtiveram, o grupo tem planos de alcançar públicos ainda maiores.

Palavras-chave: Projeto de extensão, Ciência da Computação, Mulheres na computação

Referências

CREPALDI, C. et al . A História da Computação: Das Máquinas de Calcular aos Computadores Quânticos. , Instituto de Física da Universidade de São Paulo, IF-USP, 9 jul. 2017. Disponível em: http://fap.if.usp.br/~crepaldi/archive/ECF_Final.pdf. Acesso em: 26 abr. 2020.

NASA. Dorothy Vaughan Biography. 2017. Disponível em: https://www.nasa.gov/content/dorothy-vaughan-biography. Acesso em: 27 abr. 2020.

MIT. Scene at MIT: Margaret Hamilton’s Apollo code. 2016. Disponível em: http://news.mit.edu/2016/scene-at-mit-margaret-hamilton-apollo-code-0817. Acesso em 27 abr. 2020.

FRABASILE, Daniela. Apenas 17% dos programadores brasileiros são mulheres. Época Negócios, [S. l.], 5 fev. 2018. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/Economia/noticia/2018/02/apenas-17-dos-programadores-brasileiros-sao-mulheres.html. Acesso em: 29 abr. 2020.

HEWLETT, S. A. et al . The Athena Factor: Reversing the Brain Drain in Science, Engineering, and Technology. Harvard Business Review, [ S. l. ], p. 1-108, 22 maio 2008. Disponível em: https://store.hbr.org/product/the-athena-factor-reversing-the-brain-drain-in-science-engineering-and-technology/10094. Acesso em: 26 abr. 2020.

SANTOS, C. M. Por que as mulheres “desapareceram” dos cursos de computação?. [ S.l. ]: Jornal da USP, 7 mar. 2018. Disponível em: https://jornal.usp.br/universidade/por-que-as-mulheres-desapareceram-dos-cursos-de-computacao/. Acesso em: 26 abr. 2020.

FOLHA DE SÃO PAULO (SP). Ranking de universidades. [ S. l. ], 2019. Disponível em: https://ruf.folha.uol.com.br/2019/ranking-de-universidades/principal/. Acesso em: 26 abr. 2020.

FOLHA DE SÃO PAULO (SP). Ranking de cursos de graduação. [ S. l. ], 2019. Disponível em: https://ruf.folha.uol.com.br/2019/ranking-de-cursos/computacao/. Acesso em: 26 abr. 2020.

CASTRO, B. Afogados em contratos: o impacto da flexibilização do trabalho nas trajetórias dos profissionais de TI. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, [ S. l. ], 2013.

SALES, A. et al . Dificuldades para o ingresso e permanência na Ciência e Engenharia da Computação: Um Olhar Feminino. , [S. l.], 13 fev. 2015. Disponível em: http://www.ufpb.br/evento/index.php/18redor/18redor/paper/view/1936/854. Acesso em: 26 abr. 2020.

MARQUES, A. B. et al. Unindo pesquisa e extensão para fortalecer a participação feminina em cursos de Computação de uma universidade: Projeto Meninas Digitais do Vale. 13º WIT - Women in Information Technology, [S. l.], p. 31-40, 12 jul. 2019.

LOUZADA, N. C. et al. Agindo sobre a diferença: atividades de empoderamento feminino em prol da permanência de mulheres em cursos de Tecnologia da Informação. 13º WIT - Women in Information Technology, [S. l.], p. 69-78, 12 jul. 2019.

SOUZA, A. C. M. et al. Relato Tech Ladies: redes de colaboração entre mulheres na tecnologia. 11º WIT - Women in Information Technology, [S. l.], p. 1181-1185, 6 jul. 2017.

LAUSCHNER, T. et al. Cunhantã Digital: programa de incentivo à participação de mulheres da região amazônica na Computação e áreas afins. 10º WIT - Women in Information Technology, [S. l.], p. 20-24, 4 jun. 2016.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO. Meninas Digitais. Meninas Digitais - Programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação. [ S. l. ], 2020. Disponível em: http://meninas.sbc.org.br/. Acesso em: 14 maio 2020.

SEMANA Nacional de Ciência e Tecnologia. Disponível em: https://snct.mctic.gov.br/. Acesso em: 25 abr. 2020.
Publicado
30/06/2020
Como Citar

Selecione um Formato
GALENO, Larissa M. da F.; LUCENA, Maria Eduarda H.; LIMA, Tainá da S.; CAMPOS, Maria Luiza M.. Minerv@s Digitais: encorajando e acolhendo mulheres na computação. In: WOMEN IN INFORMATION TECHNOLOGY (WIT), 14. , 2020, Cuiabá. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 70-79. DOI: https://doi.org/10.5753/wit.2020.11277.