Uma experiência com o binômio [​Design thinking ​ + pensamento computacional] para o letramento digital do público feminino através do desenvolvimento de ​ games

  • Raquel Moreira Machado Fernandes UFRJ
  • Ana Paula Cavadas Rodrigues UFRJ
  • Claudia Lage Rebello da Motta UFRJ
  • Carla Verônica Machado Marques UFRJ
  • Carlo Emmanoel Tolla de Oliveira UFRJ

Resumo


Este artigo tem como objetivo relatar uma experiência bem-sucedida sobre o uso do design thinking e do pensamento computacional para o aprendizado criativo da computação por meninas do ensino fundamental de uma escola pública do Rio de Janeiro, em uma área conflituosa. A experiência integrou um projeto de extensão para promover a alfabetização digital para o público feminino com o uso de ferramentas e jogos educacionais para o ensino da programação. Através do design thinking, as alunas manipularam objetos e se desenvolveram criativamente, usando o pensamento computacional para resolver um problema real na comunidade em que vivem. Sugerimos que o binômio [design thinking + pensamento computacional] pode contribuir para atrair e estimular jovens na computação, habilitando novas competências.

Palavras-chave: letramento digital, design thinking, pensamento computacional, programação, jogos, aprendizado criativo

Referências

Bloom’s taxonomy of cognitive learning objectives. J Med Libr Assoc. 2015, Jul;103(3): 152–153. Doi 10.3163/1536-5050.103.3.010

Fernandes, Raquel M. M. (2019). O desenvolvimento da competência narrativa com ousos de modelos neurocientífico-pedagógicos apoiados pela tecnologia. 2019.Dissertação (Mestrado em Informática) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Hunter, A.; Boersen, R. (2017) Out from the shadows: Encouraging Girls in New Zealand into IT careers. Proceedings of the 2017 ACM ITICSE.

Lacerda, M. (2012) Informática como disciplina obrigatória na Educação Básica. Anais do IX Encontro virtual de documentação em software livre e VI congresso internacional de linguagem e tecnologia online. Volume 1, Numero 1.

Machado, R.M.; Cavadas, A.P.C.; Fernandes, L.F.A.; Motta, C.L.R. (2016) Ler, escrever e programar: atividades essenciais para o desenvolvimento cognitivo na erada informação. Nuevas Ideas en Informatica Educativa, Volumen 12, TISE.

Maciel, C.; Bim, S.A. (2016) Programa Meninas Digitais - Ações para divulgar a computação para meninas do ensino médio. Proceedings of Computer on the Beach.

Marques, C.V.M.; Oliveira, C.E.T.; Fernandes, R.M.M. Metodologia neurocientífica-pedagógica aplicada à concepção de jogos para ativação das funções cognitivas de estudantes da educação básica. Jornada de Atualização em Informática na Educação. CBIE, 2019.

Resnick, M. (2013). Let's teach kids to code. TED Talks.

Resnick, M. 2017. Lifelong Kindergarten: Cultivate Creativity Through Projects,Passion, Peers, and Play. Cambridge, MA: MIT Press; 2017 ISBN-10: 0262037297

Seminério, F. (1987) Elaboração Dirigida : um caminho para desenvolvimentometaprocessual da cognição humana. Rio de Janeiro: Instituto Superior de Estudos ePesquisas Psicossociais. Cadernos do ISOP, no 10, Rio de Janeiro, Ed. FGV.

Silva, V. L. (2018) “O uso da tecnologia na Educação básica” In: Anais do V CongressoNacional de Educação (CONEDU), V. 1, ISSN 2358-8829, Brasil

Torrance, E. P. Criatividade: medidas, testes e avaliações. São Paulo, IBRASA, 1976

UNESCO (2003) Gender and education for all: the leap to equality.

Werner, L.; Campe, S. Middle school girls + games programming = informationtechnology fluency. (2005) Proceedings of the 6th Conference On InformationTechnology Education.

Wing, J. M. Computational thinking and thinking about computing. Philos Trans AMath Phys Eng Sci. 2008 Oct 28; 366(1881): 3717–3725.
Publicado
30/06/2020
Como Citar

Selecione um Formato
FERNANDES, Raquel Moreira Machado; RODRIGUES, Ana Paula Cavadas; DA MOTTA, Claudia Lage Rebello; MARQUES, Carla Verônica Machado; DE OLIVEIRA, Carlo Emmanoel Tolla. Uma experiência com o binômio [​Design thinking ​ + pensamento computacional] para o letramento digital do público feminino através do desenvolvimento de ​ games. In: WOMEN IN INFORMATION TECHNOLOGY (WIT), 14. , 2020, Cuiabá. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 149-158. ISSN 2763-8626. DOI: https://doi.org/10.5753/wit.2020.11285.