Ações Iniciais do Projeto de Extensão Garotas Tech dos Sertões de Crateús para Captação e Retenção de Meninas aos Cursos de TI da UFC-Crateús

  • Lisieux Marie Marinho dos S. Andrade UFC
  • Simone de Oliveira Santos UFC
  • Maria Rodrigues Gomes UFC
  • Agatha Alves Martins Rodrigues UFC
  • Ariadna Carreiro de Miranda UFC
  • Lucas Lima Sousa Torres UFC
  • Claudia Sousa Barbosa UFC

Resumo


O Grupo de Extensão Garotas Tech dos Sertões de Crateús tem por objetivo incentivar estudantes universitárias da Universidade Federal do Ceará- Campus Crateús, de escolas públicas ou privadas, do ensino médio ou profissionalizante, e das comunidades carentes a se aproximarem da área de Tecnologia da Informação. Para isso, em seu primeiro ano de atuação, promoveu práticas de caráter motivacional e informativa, visando melhorar a retenção das alunas do Campus e a formação de uma unidade de grupo. Ao público externo um estudo preliminar do perfil dos estudantes do ensino médio foi realizado por meio de questionário diagnóstico, tendo a participação de 291 alunos. Os resultados coletados revelam a necessidade da aproximação da universidade às escolas da região, e uma boa integração das estudantes da instituição.

Palavras-chave: Ações Iniciais, Grupo de Extensão Garotas Tech dos Sertões de Crateús, Incentivar estudantes, Tecnologia da Informação

Referências

da Silva Figueiredo, K., da Silva Neto, P. C., and Maciel, C. (2016). Meninas digitais regional mato grosso: Práticas motivacionais no ensino médio para a equidade de gêneros nas carreiras e cursos de computação e tecnologias. Anais do X Women in Information Technology.

da Silva Zanato, K. Y., Ventura, T. M., and Ribeiro, J. M. (2018). Análise da evasão de alunos da área de tecnologia da informação por meio de um banco de dados orientado a grafos. Revista Eletrônica Argentina-Brasil de Tecnologias da Informação e da Comunicação, 1(8).

IDC (2020). Mercado de TIC deve crescer 4,9% no brasil em 2020. https://www.idc.com/getdoc.jsp?containerId=prLA46093420. Acessado em: 17/04/2020.

Nunes, J. H. (2016). Gênero e raça no trabalho em tecnologia da informação (ti). Ciências Sociais Unisinos, 52(3):383–395.

SBC (2018). Educação superior em computação, estatísticas 2017. Sociedade Brasileira de Computação-SBC.

Schmidt, A. E., de Britto, H. P., and Koehler, M. D. (2016). Levantamento e análise dos dados da presença feminina discente no curso de bacharelado em sistemas de informação do instituto federal catarinense, campus camboriú. Anais do X Women in Information Technology.

Softex (2020). Brasil Mais TI oferece vagas de trabalho. https://www.softex. br/brasil-mais-ti-oferece-vagas-de-trabalho/. Acessado em: 17/04/2020.
Publicado
30/06/2020
Como Citar

Selecione um Formato
ANDRADE, Lisieux Marie Marinho dos S.; SANTOS, Simone de Oliveira ; GOMES, Maria Rodrigues ; RODRIGUES, Agatha Alves Martins; DE MIRANDA, Ariadna Carreiro; TORRES, Lucas Lima Sousa; BARBOSA, Claudia Sousa. Ações Iniciais do Projeto de Extensão Garotas Tech dos Sertões de Crateús para Captação e Retenção de Meninas aos Cursos de TI da UFC-Crateús. In: WOMEN IN INFORMATION TECHNOLOGY (WIT), 14. , 2020, Cuiabá. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 169-173. DOI: https://doi.org/10.5753/wit.2020.11288.