Criação de representações usando e-lixo para homenagear mulheres da Computação

  • Matheus Mattos de Almeida Cruz UTFPR
  • Sílvia Amélia Bim UTFPR
  • Ligia Cristina Battezzati IFPR
  • Mateus Santos UTFPR
  • Rita C. G. Berardi UTFPR http://orcid.org/0000-0002-0281-8952
  • Valissa Paiva UTFPR

Resumo


A redução do número de mulheres atuando na área de Computação é uma preocupação mundial. Ações de diversas naturezas realizadas por inúmeras iniciativas buscam reverter o cenário divulgando diferentes aspectos da Computação para motivar meninas e mulheres a escolherem a área como profissão. Neste artigo, é compartilhada a experiência de uma oficina realizada na disciplina de Arte do primeiro ano do ensino médio do Instituto Federal do Paraná. A proposta da oficina foi levar a discussão de gênero em Computação através de uma atividade criativa com lixo eletrônico.

Palavras-chave: lixo eletrônico, mulheres na computação, arte

Referências

Barbosa, A. M. (2018). Inquietações e mudanças no ensino da arte. Cortez Editora.

Berardi, R. C., Bim, S. A., Macuch, R., and Dal Forno, L. F. (2018). Experiência de uso de caixas de ovos no apoio ao ensino de vetores e matrizes. In Anais do XXVI Workshop sobre Educação em Computação. SBC.

Brasil, P. C. N. (2000). Parâmetros curriculares nacionais: A apresentação dos temas transversais e ética.

Castilho, N., Rapkiewicz, C., and Fogazzi, S. (2019). Uma escultura de Ada Lovelace como recurso educativo para trabalhar gênero na computação. In Anais do XIII Women in Information Technology, p. 129–133. SBC.

Fraguas, T. et al. (2019). Lixo eletrônico no contexto da educação ambiental: um estudo de caso junto a professores do ensino m´médio. Dissertação de mestrado, Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Maciel, C., Bim, S. A., and Boscarioli, C. (2012). A fantástica fábrica de chocolate: levando o sabor de IHC para meninas do ensino fundamental. In Companion Proceedings of the 11th Brazilian Symposium on Human Factors in Computing Systems, p. 27–28. Sociedade Brasileira de Computação.

Maciel, C., Bim, S. A., e Figueiredo, K. da S. (2018). “Digital girls program: disseminating computer science to girls in Brazil.” In Proceedings of the 1st International Workshop on Gender Equality in Software Engineering, p. 29–32.

Nunes, D. (2015). Educação superior em computação, estatísticas 2015. Sociedade Brasileira de Computação - SBC. Disponível em: http://www. sbc. org. br/documentos-dasbc/summary/133-estatisticas/1074-educacaosuperior-em-Computação-estatisticas-2015. Acesso em 15/05/2020, 6.

Ribeirto, L. (2019). Ensino de computação na Educação Básica – as diretrizes da SBC. Computação Brasil - Revista da Sociedade Brasileira de Computação, Porto Alegre, n.41, p. 6–9.
Publicado
30/06/2020
Como Citar

Selecione um Formato
CRUZ, Matheus Mattos de Almeida; BIM, Sílvia Amélia ; BATTEZZATI, Ligia Cristina ; SANTOS, Mateus; BERARDI, Rita C. G.; PAIVA, Valissa. Criação de representações usando e-lixo para homenagear mulheres da Computação. In: WOMEN IN INFORMATION TECHNOLOGY (WIT), 14. , 2020, Cuiabá. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 199-203. DOI: https://doi.org/10.5753/wit.2020.11294.