Computação desplugada como instrumento avaliativo no Ensino Superior: um relato de experiência

  • Sara das Mercês Silva Universidade Federal do Pará
  • Abner Cardoso Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
  • Maria Jose Meninea Duarte Universidade Federal do Pará
  • Fabiola Pantoja Oliveira Araújo Universidade Federal do Pará
  • Josivaldo de Araujo Universidade Federal do Para
  • Marcos Seruffo Universidade Federal do Pará

Resumo


Este estudo apresenta uma pesquisa quanti-qualitativa, onde descreve as experiências e resultados da aplicação de atividades, na perspectiva desplugada, que serviram como método avaliativo para a disciplina de Banco de Dados II do curso de Bacharelado em Ciência da Computação da Universidade Federal do Pará. Os resultados indicam que apesar dos estudantes não terem conhecimento prévio e nem a prática da Computação Desplugada, eles tiveram um rendimento 29\% maior em relação nota quando comparado com aqueles que realizaram prova objetiva. Além disso, a metodologia ativa de avaliação, mostrou-se positiva para 60\% dos alunos que mostraram satisfação ao vivenciarem ao novo, em detrimento aos métodos tradicionais.
Palavras-chave: Computação desplugada, Banco de dados, ensino superior

Referências


Aguiar, B., Correia, W., and Campos, F. (2011). Uso da escala likert na analise de jogos. In SBC - Proceedings of X SBGames, pages 01–05. SBC.

Alejandro Melgac¸o, J. D. (2019). Desenvolvimento e aplicação de práticas desplugadas para o ensino de redes de computadores. In Anais do XXV Workshop de Informática na Escola, pages 481–490. SBC.

Assis, P. (2015). Educac¸ao e tecnologias: o novo ritmo da informação Bolema Boletim de Educação Matemática, pages 428–434.

Bell, T., Witten, L., and Fellows, M. (2011). Computer Science Unplugged: Ensinando Ciência da Computação sem o uso do computador. Computer Science Unplugged ORG.

Berardi, R., Kozievitch, N., Bim, S., and Auceli, P. (2019). Oficina de banco de dados com aprendizado cinestesico para meninas do ensino médio. Anais do XXV Workshop de Informática na Escola, pages 345–354.

Berto, L., Zaina, L., and Sakata, T. (2019). Metodologia para ensino do pensamento computacional para crianças baseada na alternância de atividades plugadas e desplugadas. Revista Brasileira de Informatica na Educação, 27(02):01–10.

Chris, J. and Shao, B. (2011). The net generation and digital natives: Implications for higher education. Higher Education Academy York, pages 1–57.

Curzon, P., McOwan, P., Plant, N., and Meagher, L. (2014). Introducing teachers to computational thinking using unplugged storytelling. In Proceedings of the 9th workshop in primary and secondary computing education, pages 89–92.

Gonçalves, D. A. S., da Silva, G. M., da Luz, R. S., and Silva, C. E. P. (2013). Relato de experiência de alunos do curso de licenciatura em computação do ifmg-campus ouro branco na utilização de objetos de aprendizagem desplugados e do scratch como instrumentos no ensino de programação. In Anais dos Workshops do II Congresso Brasileiro de Informática na Educação, pages 335–344. SBC.

Hartwig, A., Silveira, M., Fronza, L., Silveira, H., Mattos, M., and Kohler, L. (2019). Metodologias ativas para o ensino na graduac¸ao na area de computação. In Anais do XXVIII Workshop de Informatica na Escola, pages 1139–1143. SBC.

Lazaro, A. C., Sato, M. A. V., and Tezani, T. C. R. (2018). Metodologias ativas no ensino superior: O papel do docente no ensino presencial. Anais CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Docência e mediação pedagógica, pages 1–12.

Martinhago, A., Smarzaro, R., Lima, I., and Guimaraes, L. (2014). Computação desplugada no ensino de bancos de dados na educação superior. In Anais do XXII Workshop sobre Educação em Computaçao, pages 21–29, Porto Alegre, RS, Brasil. SBC.

Moreira, J. and Monteiro, W. (2018). O uso da computação desplugada em um contexto de gamificação para o ensino de estrutura de dados. RENOTE, 16:546–555.

Prodanov, C. C. and Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico-2a Edição. Editora Feevale.

Reis, R., Lyra, K., Reis, C. D. G., and Isotani, S. (2018). Relato de experiencia sobre o uso da computação desplugada associada a uma teoria de aprendizagem colaborativa. pages 166–175.

Silva, D., Silva, R., and Coutinho, C. (2018). Ensinando redes de computadores utilizando metodologia ativa e a computação desplugada. In Anais do XVIII Escola Regional de Computação Bahia, Alagoas e Sergipe, pages 428–437, Porto Alegre, RS, Brasil. SBC.

Souza, F., Leite, R., Brito, C. M., Villela, M., and Santos, C. Q. (2019). O desenvolvimento do pensamento computacional alem do ensino em ciências exatas: uma revisão da literatura. In Anais XXX Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE, pages 528–536. SBC.

Publicado
24/11/2020
Como Citar

Selecione um Formato
SILVA, Sara das Mercês; CARDOSO, Abner; DUARTE, Maria Jose Meninea; OLIVEIRA ARAÚJO, Fabiola Pantoja; ARAUJO, Josivaldo de; SERUFFO, Marcos. Computação desplugada como instrumento avaliativo no Ensino Superior: um relato de experiência. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 26. , 2020, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 121-130. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2020.121.