Run Marco e o Pensamento Computacional: possibilidades para a Educação Infantil

  • Hanna Almeida Sousa Universidade Federal do Ceará
  • M. A. Silva Universidade Federal do Ceará

Resumo


Este trabalho apresenta o uso de um jogo por crianças de 4 e 5 anos de idade em uma instituição pública de Educação Infantil, a fim de trabalhar a resolução de problemas na perspectiva do Pensamento Computacional. Objetivo geral: analisar o uso do Jogo Run Marco, na perspectiva do Pensamento Computacional, com crianças da Educação Infantil. Objetivos específicos: perceber o grau de interesse das crianças por um jogo que propõe desafios e raciocínio lógico; verificar as estratégias de resolução de problemas utilizadas pelas crianças. Utilizamos a pesquisa qualitativa de caráter interpretativo na análise dos resultados, os quais demonstraram o interesse das crianças pelo jogo e as estratégias usadas para a resolução de problemas.
Palavras-chave: Educação Infantil, Jogos Digitais, Pensamento Computacional

Referências


Abbasi, A. Z.; Ting, D. H.; Hlavacs, H. (2017) "Engagement in games: developing an instrument to measure consumer videogame engagement and its validation". International Journal of Computer Games Technology, v. 2017.

Brasil. (2010) "Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil". Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Básica – Brasília: MEC, SEB.

______. (2018) "Base Nacional Comum Curricular: educação é a base". Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Básica – Brasília: MEC, SEB.

Bogdan, R.; Biklen, S. (1994) "Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos". Porto Editora.

Burnett, Margaret M. (1999). "Visual programming". Wiley Encyclopedia of Electrical and Electronics Engineering.

Carlos, L.; Godinho, J.; Gomide, J. (2018). "Um Relato de Experiência da Escola de Verão de Programação para Crianças". In: Anais do Workshop de Informática na Escola (Vol. 24, No. 1, p. 41).

Gomes, T.; Melo, J.; Tedesco, P. (2016) "Jogos Digitais no Ensino de Conceitos de Programação para Crianças". Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação - SBIE), 27(1), 470.

Kenski, V. M. (2007) "Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação". Campinas, São Paulo, Papirus.

Kotz, A; Kovatli, M. F. (2019) "O Pensamento Computacional como Ponte para o Ensino de Robótica". In: Revista Tecnologias na Educação. Edição Temática XII. Rio Grande do Sul.

Meira, L; Blikstein, P. (2020) "Ludicidade, jogos digitais e gamificação na aprendizagem". Porto Alegre: Penso Editora.

Papert, Spc. (1985) "Logo: computadores e educação". São Paulo: Brasiliense.

______. (2008) "A Máquina das Crianças: repensando a escola na era da informática". Porto Alegre: Artmed.

Prensky, M. (2001) "Nativos digitais, imigrantes digitais". In: On the Horizon, 9(5), 1-6.

Ramos, J.; Espadeiro, R. (2014) "Os futuros professores e os professores do futuro: desafios da introdução ao pensamento computacional na escola, no currículo e na aprendizagem. In: Educação, Formação & Tecnologias -ISSN 1646-933X, América do Norte. Disponível em: . Acesso em: 22 Mai. 2020.

Santana, S. J.; Oliveira, W. (2019) "Desenvolvendo o Pensamento Computacional no Ensino Fundamental com o uso do Scratch". In: Anais do Workshop de Informática na Escola, [S.l.], p. 158. ISSN 2316-6541.

Silva, Débora Juliane; Guarda, Graziela. (2019) "CriptoData: ensino de Criptografia via Computação Desplugada". Anais dos Workshops do Congresso Brasileiro de Informática na Educação, [S.l.], p. 248, nov.. ISSN 2316-8889. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2020.

Sociedade Brasileira de Computação. (2018) "Diretrizes para ensino de Computação na Educação Básica". Disponível em: .

Wing, J. (2006). "Computational thinking". Communications of the Association for Computing Machinery, pp. 152-155.

______. (2008) "Computational thinking and thinking about computing". Philosophical Transactions of the Royal Society A: Mathematical, Physical and Engineering Sciences, v. 366, n. 1881, p. 3717-3725.

Publicado
24/11/2020
Como Citar

Selecione um Formato
SOUSA, Hanna Almeida; SILVA, M. A.. Run Marco e o Pensamento Computacional: possibilidades para a Educação Infantil. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 26. , 2020, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 239-248. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2020.239.