Tecnologias digitais na formação dos professores de Língua Portuguesa: uma proposta didático-pedagógica à luz da Base Nacional Comum Curricular

Resumo


Diante das mudanças estabelecidas pela Base Nacional Comum Curricular e pela Resolução Nº. 2, de 20 de dezembro de 2019, é importante repensar práticas docentes que considerem o uso pedagógico das tecnologias digitais e estejam em convergência com a legislação vigente. Neste contexto, foi realizada uma pesquisa qualitativa por meio de uma intervenção pedagógica. Sendo assim, o artigo visa apresentar a percepção dos licenciandos em Letras, de um Instituto Federal, sobre uma proposta didático-pedagógica que foi experimentada com eles. Os instrumentos de coleta de dados foram observação, respostas das atividades e questionário. Constatou-se que tal proposta trouxe contribuições para a formação de professores.
Palavras-chave: Formação de Professores, Língua Portuguesa, Práticas pedagógicas, Tecnologias digitais

Referências


Bacich, L; Moran, J. (2018) "Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática". Porto Alegre: Penso, 2018.

Brasil (2018). Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. "Base Nacional Comum Curricular". Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/

Brasil (2019). Conselho Nacional de Educação. "Resolução CNE/CP Nº 2, de 20 de dezembro de 2019". Brasília: Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC - Formação). MEC, 2019.

Campos, V. H. M.; Matuda, F. G. (2019) "Uso de podcasts como potencializador do desenvolvimento de gêneros orais de língua portuguesa no ensino médio". Revista: EaD & Tecnologias Digitais em Educação, Dourados, MS – v. 7, n. 9, p. 85-96.

Coscarelli, C. V. (org.). (2016) "Tecnologias para aprender". São Paulo: Parábola Editorial.

Diesel, A.; Baldez, A. L. S.; Martins, S. N. (2017) "Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica". Revista Thema, v. 14, n. 1, p. 268-288.

Fetterman, J. V.; Tamariz, A. D. R. (2019) Práticas contemporâneas de linguagem e produção de fanfics nas aulas de português. In: Benevenuti, C. B.; Rosa, G. L. de; Souza, C. H. M. de. "Leitura e produção de textos multimodais". Campos dos Goytacazes, RJ: Brasil Multicultural.

Gentilini, J.; Scarlatto, E. C. (2015) "Inovações no ensino e na formação continuada de professores: retrocessos, avanços e novas tendências". In: Parente, C. D. da; Valle, L. E. L. R. do; Mattos, M. J. V. M. de (org.). A formação de professores e seus desafios frente às mudanças sociais, políticas e tecnológicas. Porto Alegre: Penso.

Imbernón, F. (2016) "Qualidade do ensino e formação do professorado: uma mudança necessária". São Paulo: Editora Cortez.

Kenski, V. M. (2012) "Tecnologias e ensino presencial e a distância". 9. ed. Campinas: Papirus.

Morán, J. M. (2013) "Tablets e ultrabooks na educação". Disponível em: Acesso em: 20 maio 2020.

Morán, J; Masetto, M.T.; Behrens, M. (2006) "Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica". 6. ed. Campinas, SP: Papirus.

Nichele, A. G.; Schlemmer, E.; Ramos, A. F. (2015) "QR Codes na Educação em Química". Renote. Revista Novas Tecnologias na Educação, v. 13, p. 1 - 9.

Nóvoa, A. (2017) Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. "Cadernos de Pesquisa", v.47 n.166 p.1106-1133 out./dez.

Paiva, F. A. (2016) "Leitura de imagens em infográficos". In: Coscarelli, C. V (org.). Tecnologias para aprender. São Paulo: Parábola Editorial.

Ribeiro, A. E. (2018) "Escrever, hoje: palavra, imagem e tecnologias digitais na educação". São Paulo: Parábola.

Rojo, R.H. (2013) "Escol@ Conectada:" Os multiletramentos e as TICS. São Paulo: Parábola.

Sampaio, T. F.; Oliveira, A. S. da. (2017) Produção escrita na era digital: A tecnologia a favor da reescrita e da mediação. "As tecnologias digitais no ensino e aprendizagem de línguas". Juiz de Fora, v.21, n. 1, p. 164-179.

Santaella, L. (2012) "O que é semiótica?" São Paulo: Brasiliense.

Santos, A. dos; Teixeira, A. C. A. (2019) "Formação de Professores e a importância da Fluência Tecnológica Digital em meio ao cenário do Século XXI". Anais do XXV Workshop de Informática na Escola -WIE 2019. Disponível em: https://br-ie.org/pub/index.php/wie/article/view/8583. Acesso em: 01 jul. 2020.

Santos, E. (2020) "#lives de maio… Educações em tempo de pandemia". Revista Docência e Cibercultura. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/re-doc/announcement/view/1109. Acesso em: 01 jul. 2020.

Schõn, D. (1990) "Educating the reflexive practioner". San Francisco: Jossey-Bass.

Silva, A. C. B. da; França, R. S. de. (2014) "Avaliação de software educativo na formação docente: articulando teoria e prática". Anais do XX Workshop de Informática na Escola -WIE 2014. Disponível em: https://www.br-ie.org/pub/index.php/wie/article/view/3089. Acesso em: 22 set. 2020.

Publicado
24/11/2020
Como Citar

Selecione um Formato
PAES, Elizabeth Freitas Barreto da Silva; BARCELOS, Gilmara Teixeira; MARTINS, Analice de Oliveira. Tecnologias digitais na formação dos professores de Língua Portuguesa: uma proposta didático-pedagógica à luz da Base Nacional Comum Curricular. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 26. , 2020, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 329-338. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2020.329.