Acessibilidade Comunicacional em um Objeto de Aprendizagem Matemática para Estudantes Surdos

Resumo


Cientes da necessidade de proporcionar ao aluno surdo o acesso às informações e a recursos tecnológicos educativos que venham a auxiliar no seu processo de ensino e aprendizagem, este estudo tem o objetivo de discorrer sobre os processos de implementação da acessibilidade comunicacional no Objeto de Aprendizagem (OA) Conta Kg. O processo de desenvolvimento se deu através do trabalho colaborativo de um grupo interdisciplinar que reúne estudantes de Pedagogia e Tecnologia da Informação. A acessibilidade foi feita por meio da inclusão de vídeos em Libras para todos os textos presentes no OA, utilizando-se o motor de jogos Unity 3D.
Palavras-chave: Objeto de Aprendizagem, Ensino de Matemática, Acessibilidade Digital, Estudante Surdo

Referências


Bahia, S.; Trindade, J. P. (2010) O potencial das tecnologias educativas na promoção da inclusão: três exemplos. Educação, Formação & Tecnologias, 3 (1), p. 96-110. [Online], disponível a partir de: .

Brasil. (2017) Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC. Disponível em: . Acesso em: 11 de maio de 2020.

Coutinho, Maria Dolores Martins da Cunha. (2015) A Constituição de Saberes num Contexto de Educação Bilíngue para Surdos em Aulas de Matemática numa Perspectiva de Letramento. Campinas, SP: [s.n] 2015.

Dresch, A; Lacerda, D. P.; Antunes Junior, J. A. V. (2015) Design Science Research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Flor, C. S.; Vanzin, T.; Ulbricht, V. R. (2013) Recomendações da WCAG 2.0 (2008) e a acessibilidade de surdos em conteúdos da web. Revista Brasileira de Educação Especial, v.19, p. 161-168, 2013.

Gagliardi, C. & Barrella, F. F. (1986). Uso da informática na educação do deficiente auditivo: um modelo metodológico. Em Sociedade Brasileira de Psicologia (Org.), Anais da XVI Reunião Anual de Psicologia (pp. 120-123). Ribeirão Preto: SBP.

Giroto, C. R. M; Poker, R. B; Omote, S. (2012) Educação Especial, formação de professores e o uso das tecnologias de. Informação e comunicação: a construção de práticas pedagógicas inclusivas. In: Giroto, C. R. M; Poker, R. B; Omote, S. (Org.). (2012) As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas. Marília: Oficina universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, p. 11-24.

Góes, A. R. S. and Gomes, R. C. (2011) E-acessibilidade para surdos. Revista Brasileira de Tradução Visual. Recife, v.7, n.7.

Lewis, M.; Jacobson, J. (2002) Introdução. Comum. ACM 45, 1 (janeiro de 2002), 27–31. DOI: .

Lima, F. R. (2014). Um estudo teórico e prático sobre acessibilidade da informação para surdos. TCC submetido ao curso de Gestão da Informação, da Universidade Federal de Pernambuco. Recife. 70 p.

Maia, et al. (2017) OBAMA: um Repositório de Objetos de Aprendizagem para Matemática. In: VI Congresso Brasileiro de Informática na Educação - CBIE 2017, Anais dos Workshops do VI Congresso Brasileiro de Informática na Educação - WCBIE 2017, Recife: WCBIE 2017, p. 300-307.

Maia, et al. (2018) Software Educativo ContaKg. In: III Congresso sobre Tecnologias na Educação - Ctrl+E, UFCE, Anais, p. 590-596. Disponível em: . Acesso em: 11 de maio de 2020.

Melo, A. M. (2015) Acessibilidade em Objetos de Aprendizagem. In: Braga, Juliana (Org.). Objetos de Aprendizagem Volume 1: introdução e fundamentos. Santo André: UFABC, 2015, p. 93-111. Disponível em: . Acesso em: 11 de maio de 2020.

Myers, M. D.; Venable, J. R. (2014). A Set of Ethical Principles for Design Science Research in Information Systems. Information Management, vol. 51 no. 6, p. 801–809.

Obilade, T. T. A. (2015) Comparative Study of the Cognitive Function of the HearingImpaired and Non-Hearing Impaired in Two Primary Schools in Lagos State, Nigeria. International Archives of Medicine, v.8, 2015.

Oliveira, et al. (2018) Objetos de Aprendizagem para Matemática: yes we can!. In: II Congresso sobre Tecnologias na Educação - Ctrl+E, UFPB, Anais, p. 744-750. Disponível em: . Acesso em: 11 de maio de 2020.

Pereira, M. C. da C. (2014) O ensino de português como segunda língua para surdos: princípios teóricos e metodológicos. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n. 2/2014, p. 143-157. Editora UFPR.

Rodrigues, D. (2012) As tecnologias de informação e comunicação em tempo de educação inclusiva In: Giroto, C. R. M; Poker, R. B; Omote, S. (Org.). (2012) As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, p.25-40.

Santarosa, L. M. C; Conforto, D. (2015) Tecnologias Móveis na inclusão escolar e Digital de estudantes com Transtornos de espectro autista. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 21, n. 4, p. 349-366, Out.-Dez.

Surdez e perda auditiva. Organização Mundial da Saúde (OMS), 15 de março de 2019. Disponivel em: . Acesso em: 11 de maio de 2020.

Venable, J. R. (2006) The role of Theory and Theorising in Design Science Research. DESRIST, v. 24-25, p. 1-18, 2006.

Viana, et al. (2019) Construindo Trajetórias Acessíveis para Pessoas Surdas na Plataforma OBAMA. In: Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural – ENAC, 7, 2019, Porto Alegre (RS): UFRGS, 2019.

Viana, et al. (2018) Discutindo a acessibilidade e usabilidade dos objetos de aprendizagem na plataforma OBAMA. Anais do XXIV Workshop de Informática na Escola (WIE 2018).

Viana, F. R; Barreto, M. C. (2014) O ensino de matemática para alunos com surdez: Desafios docentes, Aprendizagens discentes. Curitiba, PR: Editora CRV.

Xavier, L. M. F. da S. (2011) O uso das TIC em salas de aula inclusivas: Atitudes e práticas de professores do 1º ciclo. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação). Escola Superior de Educação de Lisboa. 292f.

Publicado
24/11/2020
Como Citar

Selecione um Formato
NASCIMENTO, Jason Willyan Castro do; BARRETO, Gabriel Vieira; LIMA, Eli; OLIVEIRA, Amanda Maria Domingos; ARAÚJO, Moisés; VIANA, Flávia Roldan. Acessibilidade Comunicacional em um Objeto de Aprendizagem Matemática para Estudantes Surdos. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 26. , 2020, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020 . p. 449-458. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2020.449.