Ferramenta para Mediação do Processo de Desenvolvimento do Pensamento Algorítmico contemplando Preceitos de Acessibilidade

  • Cristina Paludo Santos URI
  • Vinicius Ajala URI
  • Denilson da Silva URI

Resumo


Este artigo apresenta a ferramenta CCEduc, que visa apoiar o processo de desenvolvimento do pensamento algorítmico e concretizar princípios de equidade promovendo espaços de mediação para interagentes cegos. Projetada em sintonia com os princípios de acessibilidade pretende-se, com este artigo, apresentar as estratégias implementadas na modelagem da ferramenta para potencializar o seu uso na construção do conhecimento e promover práticas de mediação tecnológica para a inclusão.

Referências

Ajala, Vinicius; Silva, Denilson Rodrigues; Santos, Cristina Paludo; Rolim, Carlos Oberdan. Análise da Complexidade Ciclomática como Apoio ao Processo de Desenvolvimento do Pensamento Algorítmico. In: Anais do XXXVI Congresso da Sociedade Brasileira de Computação – 5º Workshop de Desafios da Computação Aplicada à Educação (DesafiE). SBC: Porto Alegre, 2016, p. 587-596.

Baranaukas, Maria Cecília C.; Mantoan, Maria Teresa Eglér. Acessibilidade em ambientes educacionais: para além das guidelines. Educação Temática Digital, v. 2, n. 2, p. 13, 2012.

Costa, António Pedro; Da Costa, Estela Barreto. Contributos para o Desenvolvimento de Software Educativo tendo por base Processos Centrados no Utilizador. Em Teia| Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana-ISSN: 2177-9309, v. 4, n. 2, 2013.

Lima, Igor et al. SpaceEduc: Uma Proposta para Estimular a Aprendizagem de Alunos Portadores de Necessidades Educacionais Especiais. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). 2017. p. 1751.

McCabe, Thomas J. (1976). A Complexity Measure. Department of Defense, National Security Agency – EUA.

Resnick, M. Brennan (2012). New frameworks for studying and assessing the development of computational thinking. American Educational Research Association meeting. Vancouver – BC – Canadá.

Rodriguez, Carla et al. Met@ Aprendiz@ gem: estratégias metacognitivas e recursos pedagógicos para apoiar a construção do pensamento lógico. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). 2017. p. 1775.

Savi, Rafael; De Souza, Caroline Battistello Cavalheiro. Design centrado no usuário e o projeto de soluções educacionais. Revista E-Tech: Tecnologias para Competitividade Industrial-ISSN-1983-1838, p. 33-52, 2015.

Sonza, Andréa Poletto; Santarosa, Lucila; Conforto, Débora. Ambientes Virtuais Acessíveis sob a perspectiva de usuários deficientes visuais. In: Brazilian Symposium on Computers in Education (Simpósio Brasileiro de Informática na Educação-SBIE). 2008. p. 74-83.

Souza, Draylson Micael; Da Silva Batista, Marisa Helena; Barbosa, Ellen Francine. Problemas e Dificuldades no Ensino e na Aprendizagem de Programação: Um Mapeamento Sistemático. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 24, n. 1, 2016.

Wing, J. Computational thinking benefits society. 40th Anniversary Blog of Social Issues in Computing, v. 2014, 2014.
Publicado
11/11/2019
Como Citar

Selecione um Formato
SANTOS, Cristina Paludo; AJALA, Vinicius; SILVA, Denilson da. Ferramenta para Mediação do Processo de Desenvolvimento do Pensamento Algorítmico contemplando Preceitos de Acessibilidade. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 25. , 2019, Brasília. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 1124-1128. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2019.1124.