A Disciplina de Calculo Diferencial e Integral: uma fábrica de jogos

  • Rosemeiry Prado FATEC/Unesp
  • Eduardo Moraes State University of Londrina
  • Vitor Lemos FATEC
  • Moisés Morais FATEC
  • Andres da Silva FATEC
  • João Vitor Mendes FATEC
  • Marcos Paulo Oliveira FATEC
  • Fabio Augusto Nicoleti FATEC

Resumo


Muitos pesquisadores da área educacional defendem que a utilização da tecnologia na educação pode despertar um interesse e motivar os alunos devido a sua interação, o seu potencial de proporcionar um autoconhecimento e o aspecto lúdico que se apresenta em algumas ferramentas, caso dos jogos digitais. Logo, apresenta-se neste trabalho uma metodologia implantada no curso de Jogos Digitais da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo, Fatec/Ourinhos, e que tem por objetivo abordar conteúdos da Matemática que interferem de modo direto na aquisição de novos conhecimentos no curso de Cálculo Diferencial e Integral, contando com a interdisciplinaridade de outras disciplinas, como as de Sistemas Operacionais e Tecnologia de Redes.

Referências

Araújo, Paulo. (2007). Cada criança com seu laptop. Revista Nova Escola, Nº203, Editora Abril.

Borba, M.; Penteado, M. G. (2001). Informática e educação matemática. Belo Horizonte: Autêntica.

Brasil. (1997). Parâmetros curriculares nacionais: matemática. Secretária de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF.

Cox, K. K. (2003). Informática na Educação Escolar. Autores Associados.

Kishimoto, T. M. (1993). Jogos tradicionais infantis: o jogo, a criança e a educação. Petrópolis: Vozes.
Publicado
11/11/2019
Como Citar

Selecione um Formato
PRADO, Rosemeiry; MORAES, Eduardo; LEMOS, Vitor; MORAIS, Moisés; SILVA, Andres da; MENDES, João Vitor; OLIVEIRA, Marcos Paulo; NICOLETI, Fabio Augusto. A Disciplina de Calculo Diferencial e Integral: uma fábrica de jogos. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 25. , 2019, Brasília. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 1154-1158. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2019.1154.