Jogos digitais e realidade virtual na Educação Infantil: Uma abordagem na Língua Inglesa

  • Nicole Teixeira Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Aline de Campos Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo


A inserção de uma língua estrangeira na Educação Infantil ainda é um crescente desafio, em virtude da metodologia a ser utilizada nesse nível de desenvolvimento cognitivo. Este artigo objetiva relatar uma pesquisa qualitativa desenvolvida, em uma escola municipal, com duas turmas do Pré-I e Pré-II, totalizando 28 alunos com idade entre 5 e 6 anos, acerca de uma experiência com jogos digitais, com palavras da Língua Inglesa e o óculos de realidade virtual (VR-box). Os resultados revelam que, além da interação entre professor e aluno, os recursos tecnológicos favoreceram a aprendizagem, promovendo um engajamento maior entre os estudantes.

Referências

Brasil. Ministério da Educação (2018). "Base Nacional Comum Curricular". Secretaria de Educação Básica. Brasília.

Krajden, M. (2017) "O despertar da gamificação corporativa". São Paulo. InterSaberes.

Mattar, J. (2010) "Games em educação: como os nativos digitais aprendem". São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Rodrigues, A. C (2013). "Pesquisa: O aluno da educação infantil e dos anos iniciais". Ana Cristina da Silva Rodrigues, Nara Eunice Nomberg. Curitiba.

Vygotsky, L. S. (2010) "Aprendizagem e desenvolvimento na Idade Escolar". In: Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Vygotsky, L. Luria, A. Leontiev, A.N. 11ª. Edição. São Paulo: Ícone.
Publicado
11/11/2019
Como Citar

Selecione um Formato
TEIXEIRA, Nicole; CAMPOS, Aline de. Jogos digitais e realidade virtual na Educação Infantil: Uma abordagem na Língua Inglesa. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 25. , 2019, Brasília. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 1364-1368. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2019.1364.