Uso do Facebook como Recurso de Avaliação da Aprendizagem

  • Adriana Alves Novais Souza UFS
  • Henrique Nou Schneider UFS

Resumo


O trabalho em questão faz parte da pesquisa em curso "Uso das Redes Sociais como Ferramenta de apoio às práticas docentes" e analisa uma prática docente desenvolvida no Ensino Superior que utiliza o Facebook como um Recurso de Avaliação da Aprendizagem. A pesquisa envolve novas perspectivas de ensino com as redes sociais, refletindo sobre as vantagens de seu uso como apoio, avaliação e consolidação da aprendizagem, especialmente sob o olhar do discente, a fim de compreender como se processam as relações de colaboração e interação entre professor-aluno e aluno-aluno.

Referências

Amiel, Tel. Educação Aberta: Configurando ambientes, práticas e recursos educacionais. In: REA: Práticas colaborativas e políticas públicas. Santana, B., Rossini, C., Pretto, N. L. (org.) São Paulo: Casa da Cultura Digital; Salvador: Edufba. 2012, 1ª ed., 1ª imp.

André, M. E. D. A. Etnografia da prática escolar. São Paulo: Papirus, 1995.

Barcelos, G. T.; Batista, S. C. F. Rede social na internet como apoio à formação docente. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Informática na Educação: Rio de Janeiro, nov. 2012.

Castells, Manuel. Sociedade em Rede. Tradução: Roneide Venâncio Majer; 6ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

Ciribelli, J. P.; Paiva, V. H. P. Redes e mídias sociais na internet: realidades e perspectivas de um mundo conectado. Revista Mediação, Belo Horizonte, v. 13, jan/jun 2011.

Klix, T. Educador quer redes sociais no currículo escolar. Último segundo educação. Disponível em: [link], julho, 2012.

Marcon, K.; Machado, J. B.; Carvalho, M. J. S. Arquiteturas pedagógicas e redes sociais: uma experiência no Facebook. In: Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Informática na Educação: Rio de Janeiro, RJ, nov. 2012.

Marconi, M. A.; Lakatos, E. M. Metodologia científica. São Paulo: Atlas. 2009.

Minhoto, P.; Meirinhos, M. As redes sociais na promoção da aprendizagem colaborativa: um estudo de caso no ensino secundário. Revista Educação, formação e tecnologias. Nov. 2011, 4 (2), 25-34.

Recuero, Raquel. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

Rurato, Paulo Alexandre Lima. As Características dos Aprendentes na Educação a Distância – Impacto no Processo Educativo com vista ao Desenvolvimento de Estratégias de Sucesso. Aveiro, Portugal, Universidade de Aveiro. 2008 [Tese de doutorado].

Santos, A. I. dos. Recursos Educacionais Abertos: Novas Perspectivas para a Inclusão Educacional Superior via EAD. In: Santos, A.I. (Org.). Perspectivas Internacionais em Ensino e Aprendizagem On-line: Debates, Tendências e Experiências. São Paulo: Libra Três. p. 35-51.2006

Silva, E. V. da. Cruz, F. M. L. A educação na sociedade da informação: um olhar sobre o papel e a formação docente. In: 2° Simpósio Hipertexto e Tecnologia na Educação, 2008.

Valente, José Armando. Mudanças na sociedade, mudanças na Educação: o fazer e o compreender. Cap. 2. In: O computador na sociedade do conhecimento. José Armando Valente (org.). Campinas, SP: Unicamp/ NIED, 1999.

Dotta, Sílvia. Uso de uma Mídia Social como Ambiente Virtual de Aprendizagem. In: Anais do XXII Simpósio Brasileira de Informática na Educação XVII WIE: Aracaju, SE, nov. 2011.
Publicado
25/11/2013
Como Citar

Selecione um Formato
SOUZA, Adriana Alves Novais; SCHNEIDER, Henrique Nou. Uso do Facebook como Recurso de Avaliação da Aprendizagem. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 19. , 2013, Campinas. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2013 . p. 219-228. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2013.219.