Atividades Extraclasses com base no Currículo Mínimo para a Língua Inglesa usando uma Rede Social

  • Cristina de Almeida Rodrigues UFRJ
  • Marcos da Fonseca Elia UFRJ

Resumo


Os adolescentes são chamados nativos digitais, pois cresceram e brincaram com a tecnologia digital. Faz-se necessário o uso de ferramentas tecnológicas para atrair a atenção desses jovens no que diz respeito à educação. O presente trabalho procura mostrar que é possível utilizar as TIC e as redes sociais na melhoria da aprendizagem do aluno. Além de o Facebook ser uma rede social, ele também pode ser a base de uma Arquitetura Pedagógica que ajudará os professores de Língua Estrangeira a despertarem o interesse dos alunos; estimulando-os tanto nas atividades feitas em sala de aula quanto extraclasses; e aplicarem a Matriz de Referência do Currículo Mínimo da Língua Estrangeira.

Referências

Almeida, Maria Elizabeth Bianconcini. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.29, n.2, p. 327-340, jul./dez. 2003.

Brasil. MEC. 1998. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEF

Felder, R.M.; Silverman, Linda K.(1988). Learning and teaching styles in engineering education. Journal of Engineering Education, v. 78, n. 7, p. 674-681. Disponível em: http://www.ncsu.edu/felder-public/Learning_Styles.html. Acesso em: 10 de novembro de 2012.

Lévy, Pierre. (2012) Entrevista dada ao site Agência Brasil – Empresa Brasil de Comunicação. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-30/pierre-levy-preve-substituicao-do-livro-didatico-e-do-caderno-por-computadores-e-tablets-nas-salas-de. Acesso em 30 de maio de 2013.

Lorenzo, Eder Maia. (2011). A utilização das Redes Sociais na Educação. Disponível em http://followscience.com/content/469276/redes-sociais-na-educacao. Acesso em 30 de maio de 2013.

Marcon, Karina; Machado, Juliana Brandão, Carvalho, Marie Jane Soares (2012). Arquiteturas Pedagógicas e Redes Sociais: Uma experiência no Facebook. Anais do 23º Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE 2012), ISSN 2316-6533 Rio de Janeiro.

Prensky, Marc (2011). From Digital Natives to Digital Wisdom. Published in From Digital Natives to Digital Wisdom: Hopeful Essays for 21st Century Education.

Quirino, Maria José da Silva de Oliveira; PEREIRA, Carlos Alexandre da Silva; LEAL, Cristianni Antunes; OLIVEIRA, Vânia Lucia.(2011) Políticas Curriculares: uma breve crítica ao Currículo Mínimo implantado no Estado do Rio de Janeiro.

SEEDUC. (2011). Currículo Mínimo. Disponível em: http://www.conexaoprofessor.rj.gov.br/curriculo_aberto.asp. Acesso em 02 de fevereiro de 2013.
Publicado
25/11/2013
Como Citar

Selecione um Formato
RODRIGUES, Cristina de Almeida; ELIA, Marcos da Fonseca. Atividades Extraclasses com base no Currículo Mínimo para a Língua Inglesa usando uma Rede Social. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 19. , 2013, Campinas. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2013 . p. 319-328. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2013.319.