Uma modelagem conceitual para apoiar a identificação das causas da evasão escolar em EAD

  • Vanessa da Silva Ferreira UFRJ
  • Marcos da Fonseca Elia UFRJ

Resumo


Neste artigo, apresentamos uma visão sistêmica do cenário da Educação à Distância Brasileira através do uso de modelagem conceitual, representada na forma de Redes Sistêmicas. Esta visão possibilitará o registro de paradigmas, especialmente os que retratam as causas da Evasão Escolar desta modalidade de ensino. Nosso foco é compartilhar uma Rede Sistêmica inicial estruturada a partir da análise de metadados para registro colaborativo dos paradigmas que possivelmente levam a evasão de tais cursos, indicados por coordenadores de Instituições de Ensino Superior.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BELLONI, Maria Luiza. Ensaio sobre a educação a distância no Brasil. Revista Educação e Sociedade, Campinas, ano XXIII, n. 78, p. 117-142, abr. 2002.

BLISS, J., MONK, M., OGBORN, J. Qualitative Data Analysis for Educational Research: A guide of systemic networks. London: Croom Helm, 1983.

CENSO EAD.BR: relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2011. – São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012. ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

CHAMOVITZ, Ilan. GRS: gerador de redes sistêmicas na web: um instrumento de apoio ao desenvolvimento cooperativo e a distância de atividades acadêmicas / Ilan Chamovitz. Rio de Janeiro: UFRJ/IM/NCE, 2004.

ELIA, Marcos da Fonseca. Uma nação em risco. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 16, 2005, Juiz de Fora. Anais Juiz de Fora: SBC, 2005. v. 1. p. 331-339.

Ferramentas (2013)
______SKYPE: http://www.skype.com/pt-br/
______ VodBurner: http://www.vodburner.com/win
______MindMeister: http://www.mindmeister.com/pt

JORGE, Bruno G, et al. Evasão na educação a distância: Um estudo sobre a evasão emuma instituição de Ensino Superior", 2010. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2010/cd/252010220450.pdf. Acesso em: 07/2012.

MAIA, C. MATTAR, João. ABC da EaD : a educação a distância hoje. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

MARTINS, O. B. Fundamentos da educação a distância. Curitiba: IBPEX, 2005.

MOORE, M. e KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

NISKIER, A. Educação a distância: a tecnologia da esperança. 2. ed. São Paulo: Loyola, 2000.

SANTOS, Elaine Maria dos, et al. "Evasão na Educação a Distância: identificando causas e propondo estratégias de prevenção", 2008. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/511200845607PM.pdf. Acesso em: 07/2012.

SILVEIRA, Claudia Alexandra Bolela. Educação a distância e a evasão: Estudo de caso da realidade no polo UAB de Franca", 2012. Disponível em: http://sistemas3.sead.ufscar.br/ojs/index.php/sied/article/view/93. Acesso em: 07/2012.

SOUZA, Onília Cristina de. Evasão em cursos a distância: análise dos motivos de desistência, 2008. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/552008112738PM.pdf. Acesso em: 07/2012.

STAKE,R.E. Case Studies, In: Denzin, N. K. e Lincoln, Y.S. Handbook of Qualitative Research. London: Sage Publications, 1994.
Publicado
25/11/2013
Como Citar

Selecione um Formato
FERREIRA, Vanessa da Silva; ELIA, Marcos da Fonseca. Uma modelagem conceitual para apoiar a identificação das causas da evasão escolar em EAD. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 19. , 2013, Campinas. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2013 . p. 399-408. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.wie.2013.399.