Sensoriamento Participativo de Regi ões de Interesse com Descrição Adaptativa das Taxas de Amostragem

  • Carlos Henrique de O. M. André
  • Dianne S. V. de Medeiros
  • Miguel Elias M. Campista

Resumo


O Sensoriamento Participativo (Participatory Sensing - PS) é um novo paradigma de redes colaborativas que incentiva a participação dos usuários no sensoriamento de uma Região de Interesse (Region of Interest RoI). Um desafio em redes sem-fio, porém, é calibrar a quantidade de dados sensoriados por cada usuário para que a carga impostaá rede não se torne excessiva. Nessa direção, este trabalho propõe um sistema centralizado capaz de adaptar a taxa de amostragem a ser atribuída a cada sensor participante. A taxa de amostragem é calculada em função da variabilidade das amostras coletadas em uma dada RoI a partir das amostras recebidas noúltimo intervalo de tempo. Os resultados obtidos através de simulação mostram o compromisso entre a taxa de amostragem e o número de sensores participantes. Quanto mais nós participantes, menor pode ser a taxa de amostragem individual e menor pode ser a quantidade de dados a serem transferidos. Essa estratégia, apesar do maior número de sensores, aumenta a taxa de entrega dos dados tendo em vista os curtos intervalos de tempo de contato disponíveis.
Publicado
10/05/2018
Como Citar

Selecione um Formato
ANDRÉ, Carlos Henrique de O. M.; MEDEIROS, Dianne S. V. de; CAMPISTA, Miguel Elias M.. Sensoriamento Participativo de Regi ões de Interesse com Descrição Adaptativa das Taxas de Amostragem. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES DE COMPUTADORES E SISTEMAS DISTRIBUÍDOS (SBRC), 36. , 2018, Campos do Jordão. Anais do XXXVI Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, may 2018 . ISSN 2177-9384.