Investigando Curadoria Coletiva em um Contexto Científico de Compartilhamento de Métodos e Modelos

  • Lídia Ferreira UFMG
  • Raquel Prates UFMG

Resumo


Este trabalho tem por objetivo investigar estratégias de curadoria coletiva no contexto científico, ou seja, analisar como as pessoas colaboram entre si para fazer a seleção de um determinado tipo de informação e como um sistema pode intermediar essa interação. Uma vez que tais estratégias sejam identificadas, deseja-se fazer um estudo exploratório para avaliar tanto a estratégia quanto a sua aplicação por um sistema. Para isso, espera-se implementar as estratégias de curadoria em um estudo de caso no contexto de métodos de avaliação de sistemas usando o StoreAnt, um repositório de caracterização de métodos, como base para aplicação e validação das estratégias de curadoria investigadas. Isso provê como resultado contribuições teóricas e práticas. Como contribuições teóricas tem-se principalmente os resultados da investigação sobre estratégias de curadoria coletiva, de forma consolidada, além de critérios de busca, caracterização e comparação em um contexto específico de métodos de avaliação. Hoje esse é um tema pouco explorado na área de IHC e com grande potencial para a comunidade, uma vez que impacta diretamente nos mecanismos de consolidação dos trabalhos publicados. Como contribuição prática, tem-se os resultados do estudo de caso e a consolidação da ferramenta StoreAnt, que poderá ser utilizada pela comunidade para intermediar a curadoria de um determinado tipo de conhecimento.

Palavras-chave: Curadoria Coletiva, Métodos de Avaliação de Sistemas, Sistemas. colaborativos

Referências

Douglas B Bamforth. 1986. Technological efficiency and tool curation. American antiquity 51, 1 (1986), 38–50.

Clarisse Sieckenius de Souza and Carla Faria Leitão. 2009. Semiotic engineering methods for scientific research in HCI. Synthesis Lectures on Human-Centered Informatics 2, 1 (2009), 1–122.

Clarisse Sieckenius de Souza, Carla Faria Leitão, Raquel Oliveira Prates, and Elton José da Silva. 2006. The semiotic inspection method. In Proceedings of VII Brazilian symposium on Human factors in computing systems. ACM, 148–157.

Marcella Leandro Costa de Souza, Lidia Silva Ferreira, Raquel Oliveira Prates, and Marília Lyra Bergamo. 2015. StoreAnt: A System to Support Finding Collaborative Systems Evaluation Methods. Springer International Publishing, Cham, 482–485. https://doi.org/10.1007/978-3-319-22723-8_43

Lidia Silva Ferreira and Raquel Oliveira Prates. 2013. RepositóRio Virtual Para Catalogação De MéTodos De Avaliação Para Sistemas Colaborativos. In Proceedings of the X Brazilian Symposium in Collaborative Systems (SBSC ’13). Sociedade Brasileira de Computação, Porto Alegre, Brazil, Brazil, Article 152, 4 pages. http://dl.acm.org/citation.cfm?id=2542508. 2542536

Barbara Kitchenham. 2004. Procedures for performing systematic reviews. Keele, UK, Keele University 33, 2004 (2004), 1–26.

Raquel Oliveira Prates and Alberto Barbosa Raposo. 2006. Desafios Para Testes De Usuários Em Sistemas Colaborativos - Lições De Um Estudo De Caso. In Proceedings of VII Brazilian Symposium on Human Factors in Computing Systems (IHC ’06). ACM, New York, NY, USA, 9–12. https://doi.org/10.1145/1298023.1298051

Natália Sales Santos, Lidia Silva Ferreira, and Raquel Oliveira Prates. 2012. Caracterização das Adaptações em Métodos de Avaliação para Aplicações Colaborativas. In Proceedings of the 11th Brazilian Symposium on Human Factors in Computing Systems (IHC ’12). Brazilian Computer Society, Porto Alegre, Brazil, Brazil, 297–300. http://dl.acm.org/citation.cfm?id=2393536.2393579

Elena Voyloshnikova and Margaret-Anne Storey. 2014. Towards understanding digital information discovery and curation. In Proceedings of 24th Annual International Conference on Computer Science and Software Engineering. IBM Corp., 247–261.

Yu Wu, Jessica Kropczynski, Raquel Prates, and John Carroll. 2018. Understanding How GitHub Supports Curation Repositories. Future Internet 10, 3 (2018), 29.

Yu Wu, Na Wang, Jessica Kropczynski, and John M Carroll. 2017. The appropriation of GitHub for curation. PeerJ Preprints 5 (2017), e2952v1.

Alexey Zagalsky, Carlos Gómez Teshima, Daniel M German, MargaretAnne Storey, and Germán Poo-Caamaño. 2016. How the R community creates and curates knowledge: a comparative study of stack overflow and mailing lists. In Proceedings of the 13th International Conference on Mining Software Repositories. ACM, 441–451.
Publicado
11/10/2019
Como Citar

Selecione um Formato
FERREIRA, Lídia; PRATES, Raquel. Investigando Curadoria Coletiva em um Contexto Científico de Compartilhamento de Métodos e Modelos. In: WORKSHOP DE TESES E DISSERTAÇÕES - MESTRADO - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FATORES HUMANOS EM SISTEMAS COMPUTACIONAIS (IHC), 18. , 2019, Vitória. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 142-145. ISSN 2177-9384. DOI: https://doi.org/10.5753/ihc.2019.8417.