Um Sistema Autoadaptável para Predição de Ataques DDoS Fundado na Teoria da Metaestabilidade

  • Mateus Pelloso
  • Andressa Vergu¨ tz
  • Aldri Santos
  • Michele Nogueira

Resumo


Os ataques de Negação de Serviço Distribuídos (Distributed Denial of Service - DDoS) crescem significativamente em volume, sofisticação e impacto. Exemplos são os ataques DDoS contra a empresa francesa OVN e o provedor de nomes DYN, os quais atingiram volumes inéditos de tráfego malicioso. Em geral, esses ataques possuem comportamentos inesperados, desta forma são detectados ou mitigados apenas quando se encontram em estágios avançados. Diferente de outros trabalhos, nós advogamos pelo prognóstico precoce de ataques DDoS a fim de evitar custos e perdas provenientes do ataque. Este trabalho apresenta STARK, um sistema autoadaptativo de predição de ataques DDoS, que identifica indícios do ataque na rede antes deste alcançar estágios avançados. Com base na teoria da metaestabilidade, STARK provê um aprendizado estatístico não supervisionado e identifica a iminência de ataques DDoS. A avaliação do STARK segue uma abordagem orientada a traços, em que três bases de dados são utilizadas. Como resultado, STARK demonstra predizer os ataques DDoS com minutos ou horas de antecedência.
Publicado
10/05/2018
Como Citar

Selecione um Formato
PELLOSO, Mateus; TZ, Andressa Vergu¨; SANTOS, Aldri; NOGUEIRA, Michele. Um Sistema Autoadaptável para Predição de Ataques DDoS Fundado na Teoria da Metaestabilidade. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES DE COMPUTADORES E SISTEMAS DISTRIBUÍDOS (SBRC) , 2018 Anais do XXXVI Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, may 2018 . ISSN 2177-9384.