Benefícios da Utilização da Infraestrutura Computacional SIGELU no contexto da Gestão Municipal na criação de uma Cidade Inteligente

  • David W. S. Almeida UFRJ
  • Victor V. Ribeiro UFRJ
  • Murilo M. P. Souza UFRJ
  • Jano Moreira de Souza UFRJ
  • Miriam B. F. Chaves LNCC

Resumo


As cidades inteligentes têm a tecnologia como pilar de apoio à aplicação de seus conceitos. O presente artigo apresenta um conjunto de benefícios percebidos pelos gestores públicos que participaram do projeto de implantação da plataforma de gestão urbana denominada SIGELU. Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas e analisados qualitativamente através de um processo de codificação. Os resultados indicam uma ampla gama de benefícios para o município e gestores públicos, como a melhoria de gestão e a tomada de decisões. Além disso, foram identificados benefícios para o cidadão e para a sociedade, como ganhos com transparência e facilidade de acesso aos serviços públicos.
Palavras-chave: Gestão Municipal, Cidades Inteligentes, Governo Local, Transformação Digital, Sistemas inteligentes

Referências

ALBINO, V., BERARDI, U. and DANGELICO, R. M. (2015) “Smart Cities: Definitions, Dimensions, Performance, and Initiatives”, Journal of Urban Technology, v. 22, n. 1, p. 3–21.

BOUSKELA, M., OASSEB, M., BASSI, S., DE LUCA, C. and FACCHINA, M. (2016). “Caminho para as Smart Cities: da gestão tradicional para a cidade inteligente”. BID.

BRASIL (2020) “Carta Brasileira para Cidades Inteligentes”, Ministério do Desenvolvimento Regional - MDR.

CHAVES, W., (2017) “Maricá e San Diego (EUA) assinam protocolo para implantar projeto de Cidade Inteligente, Portal da Prefeitura de Maricá”. Disponível em: <https://www.marica.rj.gov.br/2017/05/08/marica-e-san-diego-eua-assinam-protocolo-para-implantar-projeto-de-cidade-inteligente/>

CORBIN, J., STRAUSS, A. (1998) “Basics of Qualitative Research: Techniques and Procedures for Developing Grounded Theory”, 2nd ed. SAGE Publications, London.

IRAZÁBAL, C. and JIRÓN, P. (2021) “Latin American smart cities: Between worlding infatuation and crawling provincializing”, Urban Studies, v. 58, n. 3, p. 507–534.

LIMA, Y., PINHEIRO, W., BARBOSA, C. E., MAGALHÃES, M., CHAVES, M., DE SOUZA, J., RODRIGUES, S. and XEXÉO, G., (2021) “Development of an Index for the Inspection of Aedes Aegypti Breeding Sites in Brazil: Multi-criteria Analysis, JMIR Public Health and Surveillance. 19/03/2021:19502 (forthcoming/in press)

MARICÁ (2011) “Agenda 21 de Maricá”. Disponível em: <https://agendario.org/wp-content/uploads/2016/06/Maric%C3%A1_baixa.pdf>

MORA, L., BOLICI, R. and DEAKIN, M. (2017) “The First Two Decades of Smart-City Research: A Bibliometric Analysis”, Journal of Urban Technology, v. 24, n. 1, p. 3–27.

RIBEIRO, V., CRUZES, D. and TRAVASSOS, G. (2021) “Moderator Factors of Software Security and Performance Verification.” ArXiv abs/2102.04573.
Publicado
18/07/2021
Como Citar

Selecione um Formato
ALMEIDA, David W. S.; RIBEIRO, Victor V.; SOUZA, Murilo M. P.; SOUZA, Jano Moreira de; CHAVES, Miriam B. F.. Benefícios da Utilização da Infraestrutura Computacional SIGELU no contexto da Gestão Municipal na criação de uma Cidade Inteligente. In: WORKSHOP DE COMPUTAÇÃO APLICADA EM GOVERNO ELETRÔNICO (WCGE), 9. , 2021, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 239-250. ISSN 2763-8723. DOI: https://doi.org/10.5753/wcge.2021.15992.