Interfaces Conversacionais e Requisitos de Acessibilidade - Um Estudo com Usuários Idosos

  • Cynthya Letícia Teles de Oliveira USP
  • Lucas Padilha Modesto de Araújo USP
  • Marcelo Garcia Manzato USP
  • Kamila Rios da Hora Rodrigues USP

Resumo


É comum que os idosos tenham dificuldades de interagir com os sistemas digitais, às vezes ficando dependentes de um familiar para ajudá-los a realizar tarefas que o usuário médio pode considerar simples. Ao analisar o cenário dos chatbots e dos sistemas conversacionais, em geral, nota-se que os desafios esbarram nas limitações de algumas plataformas, na ausência de conhecimento prévio de designers e desenvolvedores, bem como na experiência e habilidade dos idosos. É preciso desenvolver tecnologias acessíveis ao público em geral, atentando para as diversas etapas e atores envolvidos no processo. Esta pesquisa apresenta a avaliação de doischatbots desenvolvidos a partir de diretrizes específicas, considerando diferentes aspectos do desenvolvimento de interfaces conversacionais. Oito participantes idosos se voluntariaram a participar do estudo, que apontou resultados positivos por parte dos idosos interagindo com os chatbots.

Referências

Barbosa, S. D. J., Silva, B. d., Silveira, M. S., Gasparini, I., Darin, T., and Barbosa, G. D. J. (2021). Interação humano-computador e experiência do usuario. Auto publicação.

Etemad-Sajadi, R. and Gomes Dos Santos, G. (2019). Senior citizens’ acceptance of connected health technologies in their homes. International journal of health care quality assurance, 32(8):1162–1174.

IBGE (2022). População cresce, mas número de pessoas com menos de 30 anos cai 5,4% de 2012 a 2021.

Martinez-Martin, E. and del Pobil, A. P. (2018). Personal robot assistants for elderly care: an overview. Personal assistants: Emerging computational technologies, pages 77–91.

Modesto de Araujo, L. P., Teles de Oliveira, C. L., da Hora Rodrigues, K. R., and Garcia Manzato, M. (2022). Empirical studies aimed at understanding conversational recommender systems and accessibility aspects. In Duffy, V. G., Gao, Q., Zhou, J., Antona, M., and Stephanidis, C., editors, HCI International 2022 – Late Breaking Papers: HCI for Health, Well-being, Universal Access and Healthy Aging, pages 462–478, Cham. Springer Nature Switzerland.

Nations, U. (1994). Standard rules on the equalization of opportunities for persons with disabilities. Technical report, Technical report.

Portugal, D., Santos, L., Alvito, P., Dias, J., Samaras, G., and Christodoulou, E. (2015). Socialrobot: An interactive mobile robot for elderly home care. In 2015 IEEE/SICE International Symposium on System Integration (SII), pages 811–816. IEEE.

Valtolina, S. and Hu, L. (2021). Charlie: A chatbot to improve the elderly quality of life and to make them more active to fight their sense of loneliness. In CHItaly 2021: 14th Biannual Conference of the Italian SIGCHI Chapter, CHItaly ’21, New York, NY, USA. Association for Computing Machinery.
Publicado
16/10/2023
Como Citar

Selecione um Formato
OLIVEIRA, Cynthya Letícia Teles de; ARAÚJO, Lucas Padilha Modesto de; MANZATO, Marcelo Garcia; RODRIGUES, Kamila Rios da Hora. Interfaces Conversacionais e Requisitos de Acessibilidade - Um Estudo com Usuários Idosos. In: PÔSTERES E DEMONSTRAÇÕES - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FATORES HUMANOS EM SISTEMAS COMPUTACIONAIS (IHC), 22. , 2023, Maceió/AL. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2023 . p. 170-174. DOI: https://doi.org/10.5753/ihc_estendido.2023.233813.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>