MoVER: Serious Game aplicado à reabilitação motora usando sensor de movimento Kinect

  • Valdir D. S. Junior USP
  • Carlos B. M. Monteiro USP
  • Ricardo Nakamura USP
  • Leonardo S. Yojo USP
  • Luciano V. Araújo USP
  • Fátima L. S. Nunes USP

Resumo


Tornar as sessões de fisioterapia mais divertidas é um dos fatores que podem contribuir para a adesão do paciente e para a melhoria dos resultados de reabilitação. Nesse sentido, diversos jogos têm sido desenvolvidos para tornar as sessões mais agradáveis. Este artigo apresenta o MoVER (Movement in Virtual Environment for Rehabilitation), um Serious Game que simula movimentos fisioterápicos por meio de desafios para realização de tarefas virtuais com uso do corpo humano. A principal contribuição deste trabalho é o uso e avaliação de Interfaces Naturais que permite a personalização, em tempo real, dos movimentos a serem realizados pelo paciente durante a sessão de fisioterapia.

Referências

Araújo, R. B. and Kirner, C. (1996) " Especificação e Análise de um Sistema Distribuído de Realidade Virtual", XIV Simpósio de Redes de Computadores, Fortaleza - CE.

Blake, C. and Scanlon, E. (2007) "Reconsidering simulations in science education at a distance: features of effective use", Journal of Computer Assisted Learning: Andrade 2011(6), p. 491-502.

C C Sharp Linguagem de Programação (2012) "Learn Visual C", [link], Outubro.

Coffito Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. (2012) "Definição de Fisioterapia", [link], Março.

Huizinga, J. (2003) O jogo como elemento da cultura, Perspectiva: 5(1), p.256.

Kinect Develop for the Kinect. (2012) "Learning Resources and Documentation", [link], Outubro.

Machado, L. S., Moraes, R. M., Nunes, F. L. S. and Costa, R. M. E. M. (2011) "Serious games baseados em realidade virtual para educação médica", Revista Brasileira de Educação Médica: 35, p. 254–262.

Moita, F.M. G. S.D. (2006) Games: contexto cultural e curricular juvenil, 181 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa - PB.

Monteiro, C.B.M. (2011) Realidade Virtual na Paralisia Cerebral, Plêiade, São Paulo - SP.

Morais, A., Machado, L. and Valença, A. (2010) "Definindo a Abordagem de Comunicação no Planejamento de um Serious Games Voltado para Saúde Bucal em Bebês", In: X Workshop de Informática Médica, Belo Horizonte - MG.

Petrasova, A., Czanner, S., Chalmers, A., Farrer, J. V. and Wolke, D. (2010) "The Playability Evaluation of Virtual Baby Feeding Application", Games and Virtual Worlds for Serious Applications (VS-GAMES), 2010 Second International Conferenceon: p. 95-100, p. 25-26.

Rocha, P. R., Defavari, A. H. and Brandão, P. S. (2012) Estudo da viabilidade da utilização do Kinect como ferramenta no atendimento fisioterapêutico de pacientes neurológicos In: XI Simpósio Brasileiro de jogos e Entretenimento Digital, Brasília - DF.

Tori, R and Kirner C. (2006) "Fundamentos e tecnologia de realidade virtual e aumentada", Livro do Pré-Simpósio VIII Symposium on Virtual Reality, Belém – PA.

Torres, R. S., Biscaro, H. H., Araujo, L. V. and Nunes, F. L. S. (2012) "ViMeTGame: A serious game for virtual medical training of breast biopsy", SBC Journal on 3D Interactive Systems: 3, p. 12-19.

Von, S.L. and Von, S.E. (1995) "Cover story: realidade virtual", PC Magazine Brasil, Electronic Publication: 6, p. 50-73.

Wong, W.L., Shen, C., Nocera L., Carriazo, E., Tang, F. and Bugga, S. (2007) "Serious Video Game Effectiveness", ACM International Conference Proceeding Series: 203, p. 49-55.

XNA Microsoft Developer Center (2012) "Which Game Development Site is Right For You?" [link], Outubro.

Zyda, M. (2005) "From visual simulation to virtual reality to games", In: Computer, IEEE Computer Society: 38(9), p. 25-32.
Publicado
23/07/2013
S. JUNIOR, Valdir D.; MONTEIRO, Carlos B. M.; NAKAMURA, Ricardo; YOJO, Leonardo S.; ARAÚJO, Luciano V.; NUNES, Fátima L. S.. MoVER: Serious Game aplicado à reabilitação motora usando sensor de movimento Kinect. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE COMPUTAÇÃO APLICADA À SAÚDE (SBCAS), 13. , 2013, Maceió/AL. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2013 . p. 1218-1227. ISSN 2763-8952.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##