Aplicativos de acompanhamento gestacional: uma avaliação no contexto da perda gestacional

  • Silvia A Bim Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Rodrigo Pavani Seduc
  • Paulo Urbano Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife
  • Cristiano Maciel Universidade Federal de Mato Grosso

Resumo


Há diversos aplicativos para acompanhamento gestacional disponíveis no mercado. O objetivo da pesquisa relatada neste artigo é analisar como as usuárias destes aplicativos avaliam a funcionalidade de registro de uma perda gestacional. Desta forma, foram analisadas as avaliações disponíveis na Google Play de quatro aplicativos gratuitos. Os resultados indicam que o registro da perda gestacional é implementado de diferentes formas, sugerindo diferentes compreensões sobre noção de pessoa e legado digital por parte das equipes de desenvolvimento destes aplicativos. Por outro lado, as avaliações das usuárias indicam um silêncio sobre o assunto da perda gestacional.

Palavras-chave: Acompanhamento Gestacional, Legado Digital, Noção de Pessoa, Avaliação de usuários, Aplicativos

Referências

Boltanski, L. (2012) As dimensões antropológicas do aborto. Revista Brasileira de Ciência Política, no7. Brasília, janeiro - abril de 2012, pp. 205-245.

Maciel, C. Pereira, C.V. (2012) The influence of beliefs and death taboos in modeling the fate of digital legacy under the software developers' view. In Workshop Memento Mori: Technology design for the end of life, CHI.

Maciel, C. Pereira, C.V. (2017) Technological and Human Challenges to Addressing Death in Information Systems. In: I GranDSI-BR – Grand Research Challenges in Information Systems in Brazil – 2016-2026.1 ed.: Brazilian Computer Society (SBC), p. 161-174

Ministério da Saúde (BR), Datasus. Óbitos fetais. Brasília (DF); 2019. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sim/cnv/fet10uf.def
Publicado
11/10/2019
Como Citar

Selecione um Formato
BIM, Silvia A; PAVANI, Rodrigo; URBANO, Paulo; MACIEL, Cristiano. Aplicativos de acompanhamento gestacional: uma avaliação no contexto da perda gestacional. In: PÔSTERES E DEMONSTRAÇÕES - SIMPÓSIO BRASILEIRO DE FATORES HUMANOS EM SISTEMAS COMPUTACIONAIS (IHC), 18. , 2019, Vitória. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2019 . p. 41-42. ISSN 2177-9384. DOI: https://doi.org/10.5753/ihc.2019.8392.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)