Políticas e Estratégias para a Transformação dos Serviços Públicos Digitais nos Governos Federal e do Estado de Mato Grosso

Resumo


Há necessidade de o Governo promover uma transformação dos e-serviços públicos, através de um conjunto de políticas e estratégias que permitam uma maior interação entre governo e sociedade. Assim, o objetivo dessa pesquisa, de cunho exploratório, é identificar políticas e estratégias que estão sendo utilizadas na transformação dos e-serviços públicos do Governo Federal Brasileiro e do Governo do Estado de Estado de Mato Grosso, com vistas a atender as reais necessidades do cidadão. A coleta de dados foi feita de forma bibliográfica e documental. A pesquisa conclui que os governos estudados têm envidado esforços na transformação de seus e-serviços, os quais possibilitam discutir essa premente temática pela análise dos achados.
Palavras-chave: Governo Eletrônico, Serviços Públicos, Transformação Digital, Inovação, Coprodução

Referências

Almeida, G et al. (2018). Co-production of Digital Services: Definitions, Frameworks, Cases and Evaluation Initiatives - Findings from a Systematic Literature Review. Electronic Government and the Information Systems Perspective, [s.l.], p.3-19. Springer International Publishing. http://dx.doi.org/10.1007/978-3-319-98349-3_1.

Araujo, M. (2018). Um estudo comparativo de eventos de maratona de empreendedorismo. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso – Instituto de Computação, Universidade Federal de Estado de Mato Grosso.

Ayanso, A. Moyers. D. (2015) "Social Media Use in the Public Sector. "Digital Solutions for Contemporary Democracy and Government. IGI Global. 63-85. Acesso em: 05.12.2019 doi:10.4018/978-1-4666-8430-0.ch004

Bonilla, H. (2005). Escola aprendente: para além da sociedade da informação. Rio de Janeiro: Quartet.

Brasil (2016). Dec. no 8.638, de 15, de jan. Institui a política de Governança Digital no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 18 jan. Secção 1.

Brasil (2018). Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Estratégia de Governança Digital: Transformação Digital – cidadania e governo. Brasília: MP. 56p.

Brasil (2020). Conheça as diretrizes da Estratégia de Governo Digital - 2020 a 2022. Disponível em: https://www.gov.br/governodigital/pt-br/EGD2020. Acesso em: 10 03. 2021.

Brasil (2021). Estratégia Brasileira de Inteligência Artificial - BIA. Disponível em: https://www.gov.br/mcti/pt-br/acompanhe-o-mcti/transformacaodigital/inteligencia-artificial. Acesso em: 06 04. 2021.

Castells, A. (2001). Galáxia internet: Reflexões sobre Internet, Negócios e Sociedade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Castelnovo, W. (2015). Citizens as sensors/information providers in the coproduction of smart city services. In Proceedings of the 12th Annual Conference of the Italian Chapter of AIS (ITAIS). Rome, Italy.

Diniz, V. Prefácio. In: Dumont, D. et al. (2006). Inteligência Pública na Era do Conhecimento. Rio de Janeiro: Revan.

Ferrarezi; L, Brandalise (2018). Experimentação e novas possibilidades em governo: aprendizados de um laboratório de inovação – Brasília: Enap. 100 p. – (Coleção Inovação na Prática) ISBN: 978-85-256-0101-8

Gil, A. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas, São Paulo. 4 ed. ISBN 85-224-3169-8

Gil-Garcia, et al. (2014) Being smart: Emerging technologies and innovation in the public sector. Government Information Quarterly, 31(S.1.), I1–I8.

Gronlund, A. (2002) Electronic Government: Design, Applications & Management. Hershey, PA: Idea Group Publishing.

Hartley, J. et al. (2013) Collaborative Innovation: A Viable Alternative to Market Competition and Organizational Entrepreneurship. Public Administration Review, [s.l.], v. 73, n. 6, p.821-830, 25 out.

Linders, D. (2012) From e-government to we-government: Defining a typology for citizen coproduction in the age of social media. Government Information Quarterly. v. 29, issue 4, oct. 2012, p. 446-454. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0740624X12000883. Em: 24 out. 2019.

Klischewski, R.; Lessa, L.(2015) Sustainability of E-Government Success? An Palo Alto: IGI. https://www.igi-global.com/book/government-success-factors-measures/73563

Maciel. C. (2008) Um método para mensurar o grau de maturidade na tomada de decisão e-democrática. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) – Universidade Federal Fluminense, Niterói (RJ).

Maciel, C.; Garcia, A.C.B.; Pinto, F.B. (2020). e_Democracia. In: Maciel, C.; Viterbo, J. Computação e Sociedade: a sociedade - volume 2, pp. 108-140.

Estado de Mato Grosso (2015). Secretaria de Estado de Planejamento. Plano Plurianual para o quadriênio 2016-2019.

Estado de Mato Grosso (2017). Secretaria de Estado de Saúde – SES. Superintendência de Assistência Farmacêutica – SAF. Projeto “Melhorias ao Usuário da Farmácia Estadual – SAF”., Power Point.

Estado de Mato Grosso (2018). Secretaria de Estado de Planejamento. Resolução n° 004/2018. Dispõe sobre a instituição da Política do Sistema Estadual de Tecnologia da Informação, no âmbito do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso: n.27238, p.31, 11 abr. LINK ANÔNIMO. Acesso em: 10.12.2019

Estado de Mato Grosso (2019). Poder Executivo. Dec nº 139, de 14 de junho. Institui e regulamenta o Programa Nota MT, nos termos da Lei n° 10.893, de 24 de maio de 2019, e dá outras providências. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso: n. 27526, p.23, 17 jun.

Monteiro, Mateus et al. (2021) Assessing the Quality of Local E-Government Service Through Citizen-Sourcing Applications. In: 2021 IEEE 24th International Conference on Computer Supported Cooperative Work in Design (CSCWD). IEEE, p. 1178-1183.

Moloney, M.; Coyle, G. (2014) Next generations e-government: reconciling the e- participation and data protection agendas. In: MAHMOOD, Z. Emerging Mobile and Web 2.0 Technologies for connected e-government. Palo Alto: IGI.

ONU (2014). E-government Survey 2014 – E-government for the future we want.

ONU (2016). E-government Survey 2016 – E-government in support of susteinable development.

ONU (2018). E-government Survey 2018. In: Estudo sobre Governo Eletrônico da Organização das Nações Unidas 2018. Orientar o Governo eletrônico para apoiar a transformação rumo a sociedades sustentáveis e resilientes. Nova Iorque: Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais Organização das Nações Unidas - Nações Unidas, 2018. ISBN: 978-92-1-123205-9.

Paletti, A. (2016).Co-production through ICT in the Public Sector: When Citizens Reframe the Production of Public Services. Lecture Notes in Information Systems and Organization. [S.l.]: Springer International Publishing, p.141-152. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1007/978-3-319-40265-9_10.

Ramaswamy, V., Gouillart, F. (2010) Building the co-creative enterprise. Harvard Bus. Rev. 88, 100–109.

Savoldelli, A., et al. (2014). Understanding the e-government paradox: Learning from literature and practice on barriers to adoption. Government Information Quarterly, 31, S63–S71.

Soares, D.; Amaral, L. (2015). E-government Concept: a holistic and eclectic framework. In: Public Affairs and Administration. IGI Global, v. 4, p. 74-102.

Webster, C., et al. (2018). Smart governance: opportunities for technologically-mediated citizen co-production. Inf. Polity 23(1), 95–110. https://doi.org/10.3233/ip-

Ulrich, J. et al. (2020). A Systematic Review on IoT and E-Services Co-production. Springer Nature Switzerland AG 2020. Á. Rocha et al. (Eds.): ICITS 2020, AISC 1137, pp. 1–10, 2020. https://doi.org/10.1007/978-3-030-40690-5_2

Veljković, N., et al. (2014). Benchmarking open government: An open data perspective. Government Information Quarterly, 31, 278–290.
Publicado
18/07/2021
Como Citar

Selecione um Formato
ULRICH, Janine; MACIEL, Cristiano; CAPPELLI, Claudia. Políticas e Estratégias para a Transformação dos Serviços Públicos Digitais nos Governos Federal e do Estado de Mato Grosso. In: WORKSHOP DE COMPUTAÇÃO APLICADA EM GOVERNO ELETRÔNICO (WCGE), 9. , 2021, Evento Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2021 . p. 179-190. ISSN 2763-8723. DOI: https://doi.org/10.5753/wcge.2021.15987.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2